sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

QUANTO MAIS TARDE VEM A APOSENTADORIA, MAIS VIDA PROLONGADA TEREMOS



Pesquisada no Facebook 27/02/2015



Que bom que o Governo
Está com esta esperança,
Trabalharei com sossego,
Pois minha idade avança.

Já pensou, ficar mais 30 anos
Lidando com veemência?
Isso é um essencial plano
Para firmar a Previdência.

Fico repleto de felicidade
Com esta boa notícia.
Lidar até 95 anos de idade
Assim a minha vida fica

No planeta Terra mais anos.
Se me aposentar com 95,
É óbvio, ficarei esperando
Com isso prazer eu sinto.

Mais 25 anos de vida aqui.
Por isso eu fico muito feliz
E com júbilo agora redigi
Felicitando a Chefe do país.


Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

METALÚRGICO FAZ ORÇAMENTO DOS PORTÕES DA CASA DO POETA MÁRIO QUERINO





O amigo metalúrgico veio
Da cidade de Campo Formoso,
Medir os portões, eu creio
Que neste dia tão chuvoso

O amigo fará um orçamento
E tudo dará certo para nós.
Obviamente há muito tempo
Para quem contente constrói


Portões essenciais e bonitos.
A casa do Poeta Mário Querino
Será modificada com capricho
E neste cantinho nordestino

A boa Metalúrgica Esmeralda
Fará os portões inéditos,
Que ainda não há nas casas
Do Distrito, será um sucesso.

Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino

QUANTO MAIS TEM, MAIS HÁ TRABALHO


Maria José e Mário Querino



A minha esposa Maria José
Ficou aflita com os afazeres,
Obviamente cuidava do café
E usou uns afligidos dizeres:

“Tenho que fazer tudo isso?
Amanheço o dia trabalhando!”
Falei: Deveria ter marido rico,
E viver na rede se balançando.

Daí minha esposa respondeu:
“Rico é quem trabalha mais...”
Então falei: Dê graças a Deus,
É por isso que tudo você faz.

Minha esposa Maria José disse:
“Quer dizer que eu sou rica?”
Daí eu lhe falei: Contente fique,
Porque você é a mais rica,

Tem marido sempre voltado
Para você e seus bons filhos,
Faz tudo só para o seu agrado
E só procura o bom trilho.

Daí minha esposa Maria José
Olhou para mim muito feliz,
E continuou fazendo seu café
Com a paz que sempre quis.

Mário Querino – Poeta de Deus