sábado, 23 de setembro de 2017

SOU TAMBÉM FILHO DE ABRAÃO

Poeta Mário Querino 23/09/2017


Alguém perguntou assim:
“Tu brigas com a mulher?”
Indaguei: Pergunta a mim,
Por que saber você quer?


Sou descendente de Abraão
E Sara, os quais tinham sim
Um conviver com satisfação
E viveram em paz até o fim.


Sara amava tanto o marido
Que chamava: “Meu senhor”.
Com eles tenho aprendido
A conviver com este amor.


Abraão e Sara viviam bem
A ponto de Deus os amar.
Pela fé, hoje, sou também
Filho de Abraão, e meu lar


Tem sim o procedimento
Que aprendo de Abraão.
Tenho um entrosamento
De gente e não de um cão.


Se não resolver o problema
Usando nossa inteligência,
Ao oposto, surgirão cenas
Apontadas pela violência.


Então, me casei com mulher
E não com bicho-do-mato.
Até agora, D. Maria José
Convive entre altos e baixos,


Mas seu comportamento é
De mulher e não de cobra,
Por isso briga ninguém quer,
E cada dia o amor se inova.


Mário Querino – Poeta de Deus  

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

PARABÉNS À JOVEM NÍVEA



Hoje é o Aniversário
De minha afilhada Nívea,
Deus dê o necessário
A esta jovem querida.


Que seus planos sejam
Assinados pelo Senhor,
E tudo o que ela almeja,
Seja de bom esplendor.


E seja para edificação
De sua essencial vida
No cantinho do sertão.
Parabéns à jovem Nívea,


Que mais 1 ano completa.
De fato, é gratificante
Para seu padrinho Poeta,
Que redige neste instante


Esta poesia feliz da vida.
Que Deus ilumine sempre
O atalho da jovem Nívea,
Que ela siga inteligente


E alcance a sua meta.
Já vos convido também
Para cantar com o Poeta
Parabéns, parabéns...

Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 22/09/2017


   

IRENILDE E ESPOSO PAULO VIERAM DE SÃO PAULO VISITAR O DISTRITO DE BANANEIRAS



O Distrito de Bananeiras
Está feliz da vida,
Pois recebe a boa visita
De sua filha querida.


Hoje, Irenilde nos visita
Com muito prazer,
E tem grande alegria
De hoje feliz nos rever.




E a maior alegria é esta,
Abraçar a sua mãe feliz,
Que há anos lhe deixou
Neste cantinho do país.


Realmente é uma visita
Que o coração de Deus
Pula de contentamento,
E já faço os versos meus.




Também fui fotografado
Com Irenilde e seu marido,
Que também hoje visita
O nosso Distrito querido.


Paulo é um irmão na fé
No Senhor Jesus Cristo.
Claro, está bem contente
O nosso amado Distrito.

Mário Querino – Poeta de Deus 

Poeta Mário Querino 22/09/2017



QUEM CRÊ NO PODER DE DEUS, NÃO FICA ANSIOSO NEM TAMPOUCO PREOCUPADO



Hoje o tempo está bom
No Distrito de Bananeiras,
Amanheceu sem chuva,
Mas o frio é de maneira


Muito agradável sim.
As 7 horas e 30 minutos,
Começou uma chuvinha
Que espantou o público


Que estava nas ruas
E também na boa praça.
Mas ninguém reclamou
Pois a chuva traz graça


Para o nosso bom sertão.
Você pode até comentar:
“Mas no final de semana
Tem festa, como dançar?”


Respondo: É um motivo
De o povo dançar feliz,
Deus tem nos abençoado
Neste cantinho do país.


Se estivesse sem chuva,
Não seria razão de festa,
E sim, de lamentações,
Assim pensa este Poeta.


Que agradece ao Senhor,
Por tudo que Ele já fez
E continua fazendo
Para mim e para vocês.


Então não se preocupem,
O Tempo e a Natureza
São bem controlados
E vassalos a uma Alteza.


Mário Querino – Poeta de Deus   

A CHUVA CONTINUA CAINDO FELIZ NO DISTRITO DE BANANEIRAS



Ontem à noite caiu sim
Uma chuva no Distrito,
Foi uma chuva muito boa,
Claro, todos gostam disto.


As pessoas já estavam sim
Montando o Palanque
Para a festa de sábado,
Claro, é um Palco elegante




E muitos estão contentes.
Também já tem barracas
Quase prontas no centro
Da nossa pequena praça.


Meu netinho Brad Galvão
Estava na praça também
Observando a arrumação
Que nesta praça já tem.




Agora nesta madrugada
Já deu uma boa garoa sim,
Mas o tempo está bom
Isto agrada muito a mim.


Eu já estou com 55 anos
De idade, relato, nunca vi
Um mês de setembro
Assim tão chuvoso aqui.


Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 22/09/2017

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

POR QUE JUSTIFICAREI, SE DEUS SABE DE TUDO?

Poeta Mário Querino 21/09/2017


Alguém perguntou assim:
“Por que não justificas
A sua ausência na Igreja?”
Respondi: Não necessita


Fazer alguma justificativa,
Pois Deus sabe o motivo,
Os irmãos sabem da vida...
E razão de eu não ter ido.


Ontem cheguei do labor
Depois das 19 horas,
E fiquei com o meu amor,
Tomei o café da senhora,


Minha esposa Maria José.
Obviamente a minha casa,
Templo do Senhor já é,
E este lugarejo me agrada.


Sei, é bom visitar o Templo
(Igreja), e do que serviria
Estar com o pensamento
No que Deus condenaria?


A minha mãe dizia assim:
“Boa romaria a gente faz...”
E olhando bem para mim
Seguia: “Quem fica em paz.”


Então, eu seria um bobo
Se me justificasse a Deus,
Para tapear o povo.
Deus sabe do plano meu,


Eu farei uma justificativa,
Por que não fui à Igreja,
Se sabem da minha vida
Nesta terrinha sertaneja?


Se Deus permite eu viver
Deste Jeito no Distrito,
Por que eu vou querer
Iludir, se não gosto disso?


Imagina, se falasse assim:
Eu não fui por não ter
Tempo próprio para mim,
E Deus então me fazer


As perguntas inteligentes:
“Quantas horas tem o dia?”
Eu responderia consciente:
12 horas. Ele perguntaria:


“E a noite?” Dando risada
Responderia: “Tem 6 horas.
Ele seguiria: “E a Madrugada?”
Eu diria: 6. Ele diria: “Agora


Faças a sua devida conta.”
Então eu diria: 12+6+6.
Ele indagaria: “Está pronta?”
Eu responderia: Talvez,


Porém, falta achar o total.
Ele diria: “Então some.”
Eu diria: 12+6+6 é igual
A 24. Ele diria: “Bom homem,


Gostei muito deste papo,
Melhor do que tivesse ido
Ao Templo, de fato,
Eu estou sempre contigo.


Quantas horas lidas?”
Eu diria: 8 horas, Senhor.
Ele indagaria: “E as perdidas?”
Eu diria: 5 quando eu estou 


Dormindo. Ele perguntaria:
“Quantas passas na Igreja?”
Eu diria: Umas 2, claro, no dia...
Ele diria: “Ora, some e veja.


Ainda, quantas horas passas
Com a sua família?”
Eu diria: 4 com paz e graça.
Ele diria: “Que maravilha!


Agora dê o resultado exato,
Com quantas então ficou.”
Então eu diria: 8+5+2+4,
É claro, com 5, meu Senhor.


O Senhor me diria feliz:
“Não aceito sua justificativa,
Não foi porque não quis,
E por ter uma livre vida.

Mário Querino – Poeta de Deus 


COMO UM LOUCO CONSEGUE MANTER UMA FAMÍLIA EDUCADA, INTELIGENTE E AMOROSA?

Poeta Mário Querino 21/09/2017


Ontem me deitei e dormi
Com o almejo de trabalhar,
Me acordei e já estou aqui
E já começo a me preparar


Para continuar a minha lida.
Mas antes eu agradeci sim
Ao Senhor Deus pela vida
Que Ele já deu para mim,


Para o meu grande amor,
É óbvio, D. Maria José,
Aos meus filhos, que vou
Citar seus nomes com fé:


O mais velho, Alejandro
E o caçula Acaz Ido Galvão.
Também vou estar citando
Minha família de coração,


As minhas noras, Vanessa
E Luisiane e meu netinho
Que não sai da cabeça
Neste meu bom cantinho,


O menino Brad Galvão.
Assim a minha família,
É formada com satisfação
E para todos é maravilha.


Às vezes fico pensando:
Como Deus é maravilhoso!
Passei horas observando
O que comentava o povo:


“Esse homem é um louco...
Como consegue manter
Um lar repleto de gosto?”
O que posso responder


Neste meu amado sertão?
Para ter a família de gosto,
Coloco os joelhos no chão
Desde quando era garoto,


Independente de religião.
E graças ao Senhor Deus,
Até aqui tenho satisfação
Com os bons filhos meus,


Com a minha companheira,
Com as minhas noras
E neto, aqui em Bananeiras.
E dou glorias a Deus agora.


Mário Querino – Poeta de Deus