sábado, 30 de novembro de 2013

PARABÉNS PARA CARLOS EDUARDO, PRIMO DO POETA MÁRIO QUERINO


 

 
Hoje à tarde aconteceu
O Aniversário de Carlos,
Carlos é primo meu
E contente agora eu falo
 
 

 
Que Carlos é flamenguista.
Então quis comemorar
Mais 1 ano de forma bonita,
E assim pôde ornamentar
 
 

 
O espaço da pequena casa
Com escudos do Flamengo.
A festa foi bem organizada
Como todos estão vendo.
 
 

 
Depois dos nossos parabéns,
Carlos apagou a famosa vela,
Mas como o fogo sempre vem,
A chama voltou para ela.
 
 

 
Logo que a vela se apagou
E Carlos já estava com alegria,
É óbvio, dele se aproximou
A sua querida irmã Maria.
 
 

 
Então chegou o momento
De Carlos partir o bolo lindo,
E com contentamento
Todos foram se servindo.
 
 

 
De fato, tinha muita gente
Na casa de D. Alzira (Nega),
Todos se serviam contentes
Do que tinha nas mesas.
 
 

 
O Poeta Mário Querino
Também estava lá, de fato,
Para congratular o primo
E com ele tirar um retrato.
 
Mário Querino – Poeta de Deus
 
 
Poeta Mário Querino
 
 

DEDICATÓRIA AO CASAL ROMÂNTICO DO DISTRITO DE BANANEIRAS



Profa. Jiubertânia e esposo Jailton 30/11/2013

 

Contemplando a sua foto
Pude então perceber bem,
Dá para fazer o que gosto,
Para os senhores também.
 
 
Eu não sei onde estavam
Nesse exato momento,
Porém o lugar combinava
O romantismo do tempo
 
 
Que chamava de querida
A sua terna namorada.
Os senhores têm uma vida
De gente feliz e amada.
 
 
Deus vos uniu muito bem
Por isso estavam no jardim
Se amando como ninguém,
E as pessoas vendo assim.
 
 
É exemplo de Professora
E de um homem público.
E com sua mão protetora
Deus livra a cada minuto.
 
 
Não somente no Distrito,
Mas onde quer que estejam.
O Senhor amigo Jailton
E Profa. Jiubertânia sejam
 
 
Sempre exemplo de vida
E embelezem este jardim,
Mostrando a paz devida
Ao Distrito que vê assim.
 
 
Este casal romântico é
Digno de bom comentário.
É óbvio, Jesus de Nazaré
Sempre cintila seu Diário.
 
 
E através desta poesia
Enaltece ao Sr. Jailton
E Profa. Jiubertânia no dia
Em que alegram o Distrito
 
 
Mário Querino – Poeta de Deus 
 
 
Poeta Mário Querino
    

PAVIMENTAÇÃO DA RUA CAMPO FORMOSO NO DISTRITO DE BANANEIRAS JÁ ESTÁ CONCLUÍDA


Rua Campo Formoso - Distrito de Bananeiras

 
 
A Rua Campo Formoso
Está ficando bem assim,
Obviamente este povo
Jamais vai achar ruim.
 
 
O trabalho é bem-feito
E anda mais depressa.
Agradecemos ao Prefeito
Por fazer uma obra desta.




Pavimentação da Rua Campo Formoso - Distrito de Bananeiras
 
A turma está contente
Trabalhando sem parar
Para entregar a gente
A rua boa de se andar.
 
 
Agora já podemos crer
Na Rua Campo formoso
Que está boa pra valer,
Ganha com isso o povo.
 
 
 
 
 
Babá e Mestre Almir (Galinho)
 
 
O Mestre Almir (Galinho)
Trabalha com dedicação,
E neste amado cantinho
Faz esta pavimentação.
 
 
Realmente o calçamento
Ficou bom e bonito.
Por isso agora comento
E para o mundo publico.

 
 
 
Zé do Irineu, Babá e Mestre Almir (Galinho)
 
Esta turma merece sim,
Elogio do povo e meu,
Agradecemos até o fim
Ao Almir, ao Zé do Irineu
 
 
E aos colegas de fora
Que vieram ao Distrito
E trabalham até agora
Neste pavimento bonito.



 
Vereador Jau
 
O Vereador Jau posou
Para ser fotografado
Na rua que Almir calçou
Com prazer e cuidado.
 
 
Ainda falta uma parte
Que dá acesso ao Cemitério,
Ao calçar será destaque
E é o que eu mais espero.
 

Mestre Almir (Galinho), Poeta Mário Querino, Geninho, Zé do Irineu e Babá
 
 
Ontem às 13 horas e 40 minutos
Faltavam uns 10 metros,
Agora para a alegria do público
O calçamento já está completo.
 
 
Então só nos resta a secagem,
É óbvio, daqui mais uns dias,
Pisaremos com fé e coragem,
Do jeito que o Poeta queria.
 

Mário Querino – Poeta de Deus
 
 
Poeta Mário Querino
 

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

DO QUE SERVIRIA O DINHEIRO NA MÃO DO INSENSATO, VISTO QUE NÃO TEM O CONHECIMENTO PARA COMPRAR A SABEDORIA?



Pesquisada no Google 29/11/2013
 
 
Alguém viciado em jogo
Pegou a caçoar do amigo,
Obviamente entre o povo,
Deixando-lhe constrangido.
 
 
Então alguém comentou:
“Labutou o mês inteiro
E só um salário ganhou,
Pra que dar esse dinheiro?   
 
 
Dinheiro não, uma mixaria.
Eu ganho 3 tanto e não dá
Para eu passar os 30 dias,
E você com esse vai passar?”
 
 
O amigo respondeu: “Dá sim,
Dá até para lhe emprestar,
Se você tivesse igual a mim,
Você já teria onde morar,
 
 
Teria um carro para andar,
Ao menos uma boa moto.
Você ganha, mas vai jogar
Nas mãos dos seus sócios
 
 
Que estão esperando você.
Acho melhor ganhar pouco
E usufruir com saber,
Do que muito e dar a outros
 
 
Que ficam mirando o besta
Aparecer no ponto certo
Para encherem sua cabeça
E sacarem a grana com sucesso.
 
 
Mário Querino – Poeta de Deus
 
 
Poeta Mário Querino