terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

DEUS RESPONDE A PERGUNTA DO POETA MÁRIO QUERINO

Poeta Mário Querino 28/02/2017


Hoje eu já fiz um pergunta
Exatamente desta maneira:
Qual será o teor de suma importância
Para eu escrever nesta noite de terça-feira?


Imediatamente eu senti sim,
Vontade de ouvir Elias Silva.
Então saí do Facebook e pus
Hinos para ouvir feliz da vida.


Daí me veio no pensamento:
“Escreve sobre estes hinos!
Pois são lindos e inspirados,
Alegra um Poeta nordestino.”


Então comecei a escrever,
É claro, ouvindo Elias Silva.
Cada hino que feliz eu ouvia,
Palavra boa era aparecida.


Como sou Poeta de Deus,
Apenas eu ia constituindo
Os meus singelos versos
Neste cantinho nordestino.


Então a minha indagação
Já está sendo respondida,
O teor de mais importância
São os hinos de Elias Silva.


O hino que chama atenção
Entre todos os que escutei,
Sem eu rejeitar os demais,
É exatamente A Carta ao Rei.


Mário Querino – Poeta de Deus  

POETA MÁRIO QUERINO SONHA SENDO PREFEITO DE UMA CIDADE PACATA



Hoje sonhei sendo Prefeito
Numa cidade bem pacata.
Eu trabalhava de um jeito
Que em 6 meses fiz praça,


Um lindo jardim no Colégio,
Passei também máquina
Nas estradas, tive privilégio
E também a boa graça


De reparar órgãos públicos.
Daí alguém perguntou:
“Onde tiraste este recurso
Em 6 meses que o senhor


Está sendo chefe da cidade?”
Respondi: Oro, no lugar que,
O senhor tem oportunidade
De tirar com muito prazer.


(Pois o investigador também
Estava sendo um Prefeito
Numa cidadezinha que tem
Desprovidos e insatisfeitos


Com sua má Administração).
Continuei: O que eu ganho
Para chefiar esta população,
Já está também no tamanho


Do meu próprio orçamento
E esse dinheiro público
Não é meu. Assim eu penso
De investir esses recursos


Para o bem deste Município.
Daí o meu colega Prefeito,
Pensou em tudo isso,
E foi fazer do mesmo jeito


Na sua cidadezinha carente.
Com mais 3 anos e 6 messes,
Toda a sua boa gente,
Satisfeita lhe quis outra vez.


Quando eu me acordei vi
Que tudo era um sonho.
Sonho que nunca pretendi
Sonhar nem me proponho


Ser um Prefeito de cidade.
Gosto de ser servo e fazer
Tudo com fé e boa vontade
Para melhor a gente viver.


Mário Querino – Poeta de Deus 

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

SOGRA E NORA, UNIDAS FAZEM CAMINHADA CONTENTES.

Poeta Mário Querino 27/02/2017


Alguém perguntou assim:
“Qual é a coisa mais bonita
Que você dirá para mim,
E para este povo que fica


Usando a amiga Internet?”
Daí dei uma volta na Terra
E o que mais me enaltece
Neste amado pé de serra,


É ver uma coisa boa e nova:
Uma nora fazer caminhada
Contente ao lado da sogra
Por uma comprida estrada.


Dá a entender que o amor
Ainda existe no coração
De 2 varoas que o Senhor
Uniu bem neste sertão.


Muitos têm uma imagem
Infeliz e negativa também,
Que sogra é personagem
Que ninguém quer bem.


Mas ainda conheço aqui
Sogra e nora caminhando
Para melhor se sentir
Neste cantinho baiano.


Esta é a coisa mais bonita
Que Deus e as pessoas
Podem ver. Ainda é lícita
Esta união assim tão boa.


Mário Querino – Poeta de Deus  

O AMOR É A RAZÃO DO MEU VIVER

D. Maria José 27/02/2017


Agora estive pensando
Numa poesia de amor.
Quem está esperando?
Porque redigir eu vou:


Eu amo uma mulher,
Sem ela não sei ficar,
Ó querida Maria José,
Vem logo me abraçar!


Passei o dia distante
De ti, ó minha amada!
Porém, neste instante
Estou contigo em casa.


Então largue tudo isso
E vem me abraçar,
O nosso amor é bonito
E jamais devemos ficar


Um distante do outro.
Então vem, ó querida,
Abraçar-me com gosto,
Fruir o melhor da vida


Enquanto nesta hora
Temos o bom tempo...
Então vem, vem agora,
Porque já não aguento


Ficar distante de você.
Acabou de fazer o café?
Agora vem me atender,
Ó querida Maria José!


Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 

QUEM NÃO PRECISA DE AJUDA NESTE MUNDO?

Poeta Mário Querino 27/02/2017


Alguém estava num lugar
Esperando uma ajuda,
Já tinha um bom tempo
Que alguém já estava lá.


Via um, passava outros,
E ninguém se importava
Com o fulano também
Que uma ajuda esperava.


Daí passou um homem
De Deus, bem prestativo,
E perguntou bem assim:
“Você quer ajuda, amigo?”


Alguém muito indignado
Respondeu: “Quero não”.
Ele disse: “Nem do Senhor?”
Alguém com insatisfação


Respondeu: “Eu já tenho.”
O homem de Deus falou:
“Pois bem, fique por aí
Até a vontade do Senhor.”


Quando chegou o tempo
De o Senhor liberar,
Alguém saiu lamentando:
“Ninguém quis me ajudar,


Me tirar dessa dificuldade!
Mas tudo bem, consegui
E agora vou à frente,
Não ocupei ninguém aqui”.


Mas alguém não pensou
Que em outra ocasião,
Outras dificultardes ainda
Nos seus caminhos virão.


Mário Querino – Poeta de Deus 

domingo, 26 de fevereiro de 2017

FAÇA DE TUDO PARA ALGUÉM OUVIR A PALAVRA DE DEUS

Mário Querino - Poeta de Deus 26/02/2017


Hoje é domingo sim,
Dia de irmos à Igreja.
Mas veio para mim...
Varão nenhum almeja


Pensar como pensei.
D. Maria José queria
Ir à Igreja. Eu observei
Bastante louça na pia


Para ser ainda lavada.
Mesmo assim animei:
Vá. Não falei mais nada.
Quando ela saiu, lavei,


Deixei tudo arrumado,
Liguei o computador,
Ouço hino sossegado
E bem contente estou.


Daqui a pouco D. Maria
Voltará para sua casa.
Claro, pensando na pia,
Mas a louça está lavada.


Pensei: Ir à Igreja já é
Difícil para o povo ir,
Almejando Maria José,
Nada poderia impedir.


Como sou consciente
E desejo D. Maria feliz,
Fico em casa contente
E faço o que ela quis


Fazer, mas foi à Igreja.
Com certeza ao chegar
Terá grande surpresa
Quando limpa já achar


A louça que ficou na pia.
Isso vale a pena fazer
Em prol de D. Maria,
Que foi ouvir com prazer


A Palavra do Senhor.
Tudo ocorreu bem,
O mesmo homem sou,
Machista não vai além.

Mário Querino – Poeta de Deus


COMO EVITAR BRIGAS NO LAR?

Poeta Mário Querino 26/02/2017


Uma mulher bem agitada
Falava alto com o marido,
O neto estava na sua casa
E tudo isso tinha ouvido.


Seu marido era gente boa,
Não revidava seus gritos.
O Diabo usava essa pessoa
Que praticava tudo isso.


Então seu marido resolveu
Virar as costas e sair,
Sempre suplicando a Deus,
Calmamente ele foi dormir.


Claro, o Diabo não achando
Espaço para na casa ficar,
Então foi logo se retirando
E a mulher nada pôde falar.


Com mais um bom período,
O neto começou a chamar:
“Vovô...” Assim repreendido:
“Para! Depois vem almoçar.”  


O neto começou a indagar
Ao sentir a calma da vovó:
“Por que falou sem gritar,
Assim não é bem melhor?


Por que agora vovó já fala
Calma com o meu vovô?”  
Então a mulher se cala,
Quando o neto perguntou.


O marido não foi besta,
Ficou deitado até dormir
Sem ter dor de cabeça
E também sem se afligir.


Minha mãe sempre dizia:
1 só briga quando 2 quer.”
Meu pai toda semana bebia,
Mas a minha mãe tinha fé


No Senhor Jesus Cristo.
Isso fez viver 57 anos
Com meu pai no Distrito,
Meu cantinho baiano.


Mário Querino – Poeta de Deus

SONHO DO POETA MÁRIO QUERINO NA TARDE DE DOMINGO

Poeta Mário Querino 26/02/2017


Eu estava dormindo
Sossegado na cama,
Na tarde de domingo.
Dormir a gente ama,


Pois é um dia feriado.
Então sonhei assim:
Eu tinha chegado,
Alguém diz para mim


“A porta está fechada,
Parece que não tem
Ninguém na sua casa.”
Respondi: Tudo bem,


Eu vou pular a grade.
Quando eu ia subindo
Para pular, ela se abre.
Era tarde de domingo,


E ali tinha dois garotos
Que bênçãos pediram
E abençoei com gosto,
Após os garotos saíram


E na casa feliz entrei.
Ao chegar à sala sim,
Poças d’água eu avistei
E pensei bem assim:


Que dia choveu aqui?
Daí voltei para a porta
E bastante gente eu vi.
Como a gente gosta


De ver chuva na terra,
Principalmente nós
Deste pé de serra,
Disse: Deus ouve a voz


Do povo que tem fé.
Voltando à sala, grato,
Vi saindo Maria José
Sorridente do quarto,


Acordou-se ao ouvir
Minha boa conversa.
Porque ela sonhava ali
Algo que lhe interessa.


Quando me acordei
Vi que tudo era sonho.
Porém, me interessei,
Divulgar eu proponho.


Mário Querino – Poeta de Deus 

SEPULTAMENTO DO SR. ALCIDES ANTÔNIO NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS



Às 08 horas e 08 minutos
O povo foi se chegando
Com seu coração de luto
Na casa do conterrâneo




E amigo Alcides, que já
Foi para outra Dimensão.
O povo sem nada falar
Conduzia o seu caixão.



Indo pela Rua São José,
Direção ao Cemitério,
Todo mundo indo a pé
Com um pranto sério.




Deixando a Rua São José
E indo pela do Cemitério.
É claro, ninguém quer...
Mas isso não é mistério.




Já chegando os passos
Finais e aberto o portão,
O povo usa o espaço
Para sepultar o caixão.


Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 26/02/2017

sábado, 25 de fevereiro de 2017

RAZÃO DE UMA PESSOA TEMER OUTRA

Brad Galvão 25/02/2017


Um adolescente trazia
Na vida grande medo
E ninguém sabia,
Pra todos era segredo


O motivo de rejeitar
A atitude de alguém.
Sempre ouviam falar:
“Não me sinto bem


Onde fulano está.”
Um dia dialogando
Em um devido lugar,
Eu fiquei analisando


A causa da rejeição.
Então eu descobri
Que a mãe e irmãos
Fizeram surgir


Esse medo no viver
Desse adolescente,
Sempre que ia fazer
Na casa de parentes,


Algo que faz menino,
Quando a mãe não
Dizia: “Já vem vindo
(Com um gritão)


Fulano para brigar!”
Os irmãos diziam sim.
Essa imagem má
Ficou até o fim


Com o adolescente.
E alguém foi o vilão
Para o adolescente,
Culpa da mãe e irmão,


Pai ou responsáveis
De uma criança,
Sejam tutores capazes
De lhe dar segurança,


Mas não façam medo,
Dizendo que alguém
Briga. Este é o segredo
Que eu revelo bem.


A mãe diz: “Não mexa,
“Fulano briga com você.”
Ou o irmão diz: “Deixa,
Fulano vai te bater.”


Daí alguém fica odiado
Sem nenhuma culpa.
Por mim foi notado
E a análise fica pública.


Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino