segunda-feira, 31 de outubro de 2016

PRA QUE ESTUDAR DEPOIS DOS 54 ANOS DE IDADE?

Poeta Mário Querino 31/10/2016


Alguém assim perguntou:
“Pra que fazes Faculdade,
Se a tua idade já avançou
E também as entidades


Não te aceitam para lidar?”
Então assim eu respondi:
Quem tem promessa está
Esperando e vai adquirir


Em nome do Senhor Jesus.
Sempre aparecerá brecha
E Deus firme lhe conduz,
Sem dúvida e sem pressa.


O líder Moisés foi chamado
Com oitenta anos de idade,
Conduziu um povo animado
E esperando sua liberdade.


Só tenho cinquenta e quatro,
Tenho muito tempo, amigo.
Mas nesta história eu acho
Que adolescentes já têm ido


E continuo aqui estudando.
Enquanto os jovens vão,
Fico neste cantinho baiano
Estudado com satisfação.


Se eu não entrar em firma
Por já ter a idade avançada,
Mas satisfarei a minha vida
Por uma vitória alcançada.


Ora, se eu tivesse fenecido
Há três meses, seria Poeta,
Agora já estou agradecido,
Porque morrerei na certa


Poeta e ainda Universitário.
É um propósito que tenho,
E acho muito necessário
Esta Faculdade que venho


Fazendo com fé e satisfeito.
Deus sabe o que será após
Deste Curso com fé já feito,
Não vou elevar a minha voz,


Porque o teor é entre Deus
E eu, e será minha a dádiva.
Sei que o coração meu
Alcançar isso já esperava.


A sabedoria é adquirida
No tempo da mocidade,
A experiência é surgida
Já na sua terceira idade.  


Mário Querino – Poeta de Deus  

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE ROUBO E CORRUPÇÃO?

Poeta Mário Querino 31/10/2016


Alguém perguntou assim:
“Qual é a diferença entre
Quem rouba um celular
De quem anda sempre


Desviando grana do país?”
Respondi: Sou franco
A dizer que, não sou juiz
Nem também mais santo.


Porém, vejo que há sim
Uma grande acepção.
Quem rouba um tintim,
É considerado ladrão


E quem desvia sempre
Do país um milhão,
É visto como inteligente,
Envolvido na corrupção.


A corrupção é subordinar
Visando algo para si.
Roubo é diretamente pegar
Algo sem a ninguém pedir.


Mas tudo trará um lucro
Ilícito para as suas mãos,
Não sou assim tão justo,
Mas, roubo e corrupção  


São semelhantes, amigo.
Faço este comentário
Porque você tem pedido
E vejo que é necessário.


Mário Querino – Poeta de Deus 

TU GUARDAS O DIA DE SÁBADO?

Mário Querino - Poeta de Deus 31/10/2016


Um dia fui abordado sim
Por um irmão religioso,
Que perguntou a mim:
“Amas ao Deus Poderoso?”


Claro, falei com convicção:
Sem Ele não existiria aqui.
Por isso o amo de coração.
O religioso quis descobrir


Se eu cumpria os estatutos.
Então perguntou: “Guardas
Os mandamentos?” Escuto
E dou a resposta adequada:


Só o Senhor Jesus cumpriu.
O religioso falou: “São dez,
E só quem não transgrediu,
Quem segue a Lei de Moisés.”


Porém, eu falei: Jesus veio
E cumpriu tudo por nós.
Então, agora eu já creio
Por ter ouvido a sua voz.


O religioso insistiu na tecla:
“Guardas o dia de sábado?”
Ele não sabe que sou Poeta
Pelo Senhor Deus inspirado.


Então ele falou: “Se cumprir  
Os nove e não guardar
O dia de sábado, vive aqui
Transgredindo a Lei de Jeová.”


Daí então, eu lhe mostrei
Que são 613 mandamentos
Que existem na Lei de Deus
E disse: Tens conhecimento


Ou só meditas no sábado?
Daí fiz uma ilustração boa
Que lhe deixou calado:
Tens uma filha, a pessoa


Que mais amas na tua vida,
Caso, ela caia em adultério,
Levarás para uma avenida,
(Tu sejas um crente sincero)


Pra vê-la morta apedrejada?
A Lei de Moisés continua
Nas folhas da Bíblia Sagrada.
Agora qual é a opinião sua?


Claro, o religioso amarelou,
Inventou que iria fazer algo,
Ali sozinho me deixou,
E era um dia de sábado.


Pois fazia a devida missão:
Ensinar aos outros com fé
Tudo sobre a sua religião,
Mas, segue quem quiser.

Mário Querino – Poeta de Deus   


DEUS DISSE: “FAZ POR TI QUE TE AJUDAREI.” VOCÊ IGNORA ISTO?

Poeta Mário Querino 31/10/2016


Claro, alguém assim falou:
“Deus disse: faça por ti
Que te ajudarei.” Replicou
O amigo dizendo: “Nunca vi


Esta frase na minha Bíblia.”
Alguém de mente aberta,
E de uma ideia esclarecida,
Usou uma ilustração desta:


“Você achou a frase errada?”
O amigo repleto de vida,
Olhou-lhe dando rizada
E disse: “Isto está na Bíblia?”


Daí alguém lhe respondeu:
“Se todo mundo pôr
Em conta só o que Deus
Através da Bíblia falou,


Eu não acreditaria não,
No Culto nem na Missa.
Pois o Pastor diz: ‘Irmão,
Deus feliz com você fica,


Na Igreja, aqui é o espaço
Onde você deve ficar.
O Senhor ergue os fracos
E hoje Deus te levantará.’


Agora te pergunto assim:
Tudo isso está escrito
Na Bíblia? Mostre a mim.”
O amigo disse: “Ouvi isto,


Mas não está na Bíblia.”
Alguém replicou: “Então,
Não são palavras de vida?
O seu Pastor é charlatão?


O Padre chega ao Distrito
E faz uma boa reflexão
Que tenho ouvido e visto:
‘Deus benze este sertão,


O Distrito de Bananeiras
É um lugar muito bonito,
Alegro-me a tarde inteira
Neste hospedeiro Distrito.’


Amigo, isso está na Bíblia?
Deixa de ser boa palavra?
Na palavra bem-sucedida,
Não devemos ignorar nada.


Deus ainda fala através sim
Do seu povo até agora.
E você mostra para mim
Que tudo isso você ignora”.


Mário Querino – Poeta de Deus 

domingo, 30 de outubro de 2016

DEUS USA PROFETA PARA OBSERVAR FUTUROS TEÓLOGOS

Poeta Mário Querino 30/10/2016


O Senhor em enviou sim
Um profeta para assistir
Aulas de curso Teológico
Para então ele descobrir


O Perfil de futuro teólogo.
Então o profeta na sala
Fazia até papel de bobo
Usando uma desigual fala.


No início os seus colegas
Até lhe consideravam bem,
Contudo, o tempo passou
E tudo mudou também.


O profeta observava tudo,
Claro, tintim por tintim.
Antes de um ano percebeu
Que não era bem assim


Como pensava sobre a vida
Dos futuros teólogos.
Daí o profeta ficou ciente
Que uns precisavam logo


Se converterem a Jesus.
Sendo assim será morna
A determinada Igreja
Conduzida dessa forma.


E com certeza o Senhor
Vomitará todos eles sim.
Porque Deus não adota
Teólogo de índole ruim.


O profeta não estava não,
Julgando nenhum colega,
Estava vendo a realidade
De quem aprende e prega


O oposto do que aprendeu.
O profeta admirou o curso,
Porém, precisou de oração
Durante o seu percurso.


Porque seus colegas não
Tinham a tolerância, o amor
E o discernimento do bem
E do mal. O profeta notou


E participou como discípulo.
A conclusão que ele tirou
Foi muito decepcionante
Por tudo isso que observou.


Mário Querino – Poeta de Deus 

AQUELE QUE DER UM COPO D’ÁGUA EM NOME DE JESUS, JAMAIS PERDERÁ O SEU GALARDÃO


Mário Querino - Poeta de Deus 30/10/2016


Um senhor cordial usou
Uma boa ação,
Algo precioso levou
Para um amado irmão


E não foi bem percebido.
Daí os demais acharam
Que este ato cometido
Logo a eles envergonhara.


Pelo fato de ser água
Que o senhor percebeu
Que na vazia faltava
E precisava o irmão seu.


Não tendo conhecimento
Da história de Jesus,
Ungido com unguento,
Revelando a morte na cruz.


Jesus ainda vai mandar
Gente pelo mundo afora,
Um copo d’água precisará,
Claro, geladinho e da hora,


E com certeza agradecerá
E se lembrará do senhor,
Contudo, ele não estará
Mais cursando nesse setor.

Mário Querino – Poeta de Deus 

O QUE TEMOS A OFERECER PARA QUEM NOS ESPERA?

Poeta Mário Querino 30/10/2016


Muitos visam à salvação
No dinheiro ou bens
Já vindos por uma ação
Do Senhor que tem


Dado força e coragem,
Saber e inteligência.
E não veem vantagem
Da boa benevolência


Estabelecida em Cristo.
O dinheiro vai passar,
Os bens e tudo isso
Que podemos ganhar.


O que esperar depois
Quando tudo perecer?
Claro, tudo isso se foi,
O que temos a oferecer


Para quem nos espera?
Jesus é a única riqueza
Pura e sincera
E dá vida com certeza.


Mário Querino – Poeta de Deus 

QUANDO O DINHEIRO DO POBRE É GRANDE?

Poeta Mário Querino 30/10/2016


Alguém foi numa Farmácia
Pagar um bom remédio,
E com muito júbilo e graça
E ainda por um intermédio


De uma amizade perguntou:
“Quando o dinheiro do pobre
É grande meu bom senhor?”
Como o seu senhor era nobre,


Não quis responder, se calou.
Todavia, alguém falou certo:
“Quando o meu senhor
Faz a conta e o meu débito


É pequeno e o dinheiro sobra.
Daí o seu senhor foi dizendo:
“Hoje aprendi uma coisa nova,
Não tem dinheiro pequeno,


O débito que cresce demais.
Se você comprar desenfreado,
O seu dinheiro não vai
Nunca ser na vida enlevado.”


Mário Querino – Poeta de Deus  

sábado, 29 de outubro de 2016

É PROIBIDO FUMAR

Poeta Mário Querino 29/10/2016


Alguém entrou num bar
E sentiu grande vontade
De um cigarro fumar,
Mas naquela localidade


Tinha uma placa avisando:
“É proibido fumar.”
Quem estava comprando,
Logo desistiu de comprar.


O balconista lhe indagou:
“Por que não quer mais?”   
Alguém então replicou:
“Este lugar não me satisfaz.


Porque agora eu queira
Aceder esse cigarro
E tomar uma cerveja fria,
Mas isso me custa caro.


Porque tenho que fumar
Fora desta casa sua,
E não seria lícito comprar
Cigarro a ti e fumar na rua.


Então vou procurar outro
Espaço em que eu possa
Fumar e beber com gosto.
Se aqui você não gosta,


Claro, deveria não vender.
Porque não é lícito,
Você não querer
E vender para mim isso.”


Um amigo não tinha nada
A ver com essa história,
Disse: “Poeta, deixe notada
E obviamente notória...”


Mário Querino – Poeta de Deus

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

DEVEMOS ESTAR NO LUGAR CERTO, ESPERAR O TEMPO CERTO E CONTAR COM A PESSOA CERTA

Poeta Mário Querino 28/10/2016


Muito obrigado patrão,
Por se lembrar de mim
E também dos irmãos
Que ficaram até o fim


Esperando este salário
Que Deus e o senhor,
Sabem que é necessário
Para o pobre servidor


Existir vivo nesta terra.
Deus não tinha ainda
Feito neste pé de serra
Esta prova que já finda


Com mais fé e sucesso.
Deus permitiu ao patrão
Para ele não pagar certo
O dinheiro da provisão


De toda a minha família
Para eu saber que não
É preciso seguir a trilha
Do roubo ou corrupção.


Cito que a minha mesa
Não teve nenhuma falta,
Foi repleta de surpresa,
De pão, de água e graça,


Obviamente durante
Os meses sem o salário.
Claro, estou confiante
De arranjar o necessário


Para pagar os credores
Que com fé também
Confiaram seus valores
Para eu viver tão bem.


Nos 54 anos de existência,
Nunca passei por prova
Que ficasse de experiência.
Foi uma forma boa e nova


Para Deus testar minha fé
A minha paciência sim,
Pois não retirei meus pés,
Fiz tudo tintim por tintim,


Ainda sem a boa previsão
De receber o meu salário.
E de todo o meu coração
Fiz o que era necessário.


Não xinguei o meu patrão,
Trabalhei com fé, alegria
E prazer no coração,
Usando tática, sabedoria


E animando os colegas.
Uns falaram besteiras,
E meu coração entrega
Ao Senhor de maneira


Tão especial que a vida
Tomou outra direção
E agora é bem-sucedida,
Lembrou-se nosso patrão


Que precisamos comer,
Vestir, calçar, pagar algo
Para o nome não ir ao SPC
E sermos bem olhados.


Seja a primeira e a última
Prova na vida dos servidores
Desta entidade pública
Onde nossos esplendores


Limitaram-se no Município.
Mas vencemos. Pois bem,
Ainda devendo ao Distrito
Louvemos a Deus também.


São dois meses de débito
E só apareceu um salário,
Se o outro estiver perto,
Quitaremos o necessário


E voltaremos ao normal.
É claro, não faltou nada,
Mas devemos ao pessoal
Para manter a nossa casa.

Mário Querino – Poeta de Deus