segunda-feira, 21 de agosto de 2017

AQUELE QUE CONFESSAR QUE JESUS É O FILHO DE DEUS, DEUS PERMANECE NELE, E ELE, EM DEUS (1 João 4.15)

Poeta Mário Querino 21/08/2017


Alguém comentou assim:
“O Poeta Mário Querino,
Parece que tem espírito
De adivinha nordestino.


Pois faz poesia exaltando
E até propaganda faz
Para gente ter até regalia
E lucrando bem mais.


Apóstolo Paulo objurgou
Uma jovem com espírito
De adivinha, e dava lucro
Aos comerciantes ricos.


Será que esse Poeta não
É usado por esse espírito?” (Atos 16.16-18)
O que o Poeta responderá
Neste seu amado Distrito?


É claro, que desde 1980,
Escreve poesias contente
E sempre tem exaltado
Com júbilo a nossa gente.


Se o Poeta fosse usado
Por um espirito maligno,
O Diabo iria mantê-lo
Como um bom amigo,


Alimentado bem 37 anos
E ele professando sua fé
No Senhor Jesus Cristo?
O Diabo não daria de pé


Caso, o Poeta trabalhasse
Para ele e falasse bem
Do Senhor Jesus Cristo?
Os textos seriam também


Voltados para a edificação
Das pessoas?  Ao oposto,
Conduziriam as pessoas
Por caminho mal ou torto.


Não há espirito de adivinha
Na vida deste Poeta,
Escreve poesias por amar
Esta arte rara e repleta


De brilho, beleza e emoção.
Recebe palavras de graça
E claro, de graça também
Para amigos e amigas passa.


Mário Querino – Poeta de Deus 

PARA LIDERAR BEM PRECISA CUMPRIR AS NORMAS 100%

Poeta Mário Querino 21/08/2017


Hoje em dia eu vejo
A índole do povo,
Um direito já tendo
E seu costume novo


Me faz assim careta.
Jamais trago na vida
E na minha cabeça
Durante a minha lida,


A vontade de liderar
Grupo ou entidade.
Pois a nossa lei está
Dando tal liberdade


Que líder não pode
Cumprir os direitos
Ou manter a ordem.
E chefiar insatisfeito


Ou por lucro próprio,
Prefiro então viver
Sem esse negócio,
E normas obedecer.


Pois é melhor ouvir
Do que falar,
E é melhor cumprir
Do que ordenar.


Pois quem ordena
Deve ser cumpridor,
Pra não ter problema
Com quem confiou


Essa responsabilidade.
Por isso quero ouvir
E andar na integridade,
Por isso devo desistir


Dessa ideia de liderar.
Nasci para ser Poeta,
Sem lucro próprio visar,
A palavra me interessa,


De graça Deus me dar
E de graça distribuirei.
Quem quiser vá liderar,
Nisso ainda não pensei.


Mário Querino – Poeta de Deus    

MENOS QUE GRÃO DE AREIA


Poeta Mário Querino 21/08/2017


Eu contemplando a obra
Que o Senhor fez,
Minha curiosidade dobra,
Fico tão pequeno, talvez,


Menos que grão de areia,
Ou até uma coisa sim,
Que um olhar ver alheia.
Isso acho bom para mim,


E já me deixa tão bem
Que me faz entender:
Ninguém é de ninguém,
E por que quer o poder?


Por se achar tão justo?
Por se achar mais sábio?
Por redigir para o público?
Isso é coisa do Diabo.


Jesus Cristo não ensina
Sermos desta maneira.
Jesus Cristo nos ilumina
E quer eu em Bananeiras


Como obreiro menor
Para que eu mostre
A todos o melhor,
Que eu seja sempre forte


Quando precisar de força,
Que eu seja um fraco
Para eu ganhar as outras
Pessoas desse espaço.


Que eu seja um louco
Para fazer a diferença,
E mostrar aos outros
Que a sua Onisciência


É realmente profunda
E faz a gente entender,
Ouvindo sua voz, abunda
De conhecimento e saber.


Mário Querino – Poeta de Deus 

ENTRE A SABEDORIA E A LOUCURA

Poeta Mário Querino 21/08/2017


Já baseado num sonho
Que tive na madrugada,
Agora, já me disponho
Redigir minhas palavras.


Eu tentando ser 100%
Justo, o meu espírito,
Minha alma, exceto,
Meu corpo no Distrito,


Começaram se achar
Um pouco repudiados,
De fato, em todo lugar
Onde eram chegados.


Isso me trouxe a saber
Que o homem não será
Justo, enquanto viver
Nesta Terra. Pode tentar


Até se justificar, sabendo
Que, boa parte da vida,
É claro, já está perdendo
E sua pessoa já excluída.


Com experiência própria,
Tentei viver a justiça,
Mas ninguém disso gosta,
Porque a pessoa fica

Vendo o errado no viver
Do seu melhor amigo,
O corpo pode até se ver
Entre, mas são excluídos


O espírito e a alma sim.
Eu que vivia tão bem,
Agora já existe em mim
Um repúdio também.


Por mais que eu cace
Estar entre as pessoas,
Meu corpo até se ache
Presente numa boa,


Mas o espírito e a alma
Se sentem excluídos.
Isso tira a minha calma,
E para mim é prejuízo.


E a Palavra de Deus diz:
“Não sejas demasiadamente
Justo...” Isso me deixa feliz.
Segue: “Nem exageradamente


Sábio, por que te destruirias
A ti mesmo?” Isso eu peço
A Deus todos os meus dias.
“Não sejas demasiadamente perverso,


Nem sejas louco; por que morrerias
Fora do tempo?” Eclesiastes 7.16-17.
Obviamente, hoje em dia,
O homem moderno carece


Viver a sua vida com justiça,
Mas já sabendo de tudo isso:
Quem mais lhe explica
A verdade no Distrito,


É o primeiro a lhe repudiar.
Por que o homem vai querer
No caminho de Deus andar,
E isso incomoda o seu viver.


Porque a verdade dói
E um chefe jamais quer ser
Repreendido entre nós.
Daí o justo passa a viver


Presente com o corpo,
Porém o espírito e a alma
Estão longe um do outro,
E o homem perde a calma.


Mário Querino – Poeta de Deus    

domingo, 20 de agosto de 2017

SEMPRE QUANDO ALGUÉM BRILHA CAUSA GRANDE CIÚME

Pesquisada no Google 20/08/2017


O grande amigo caçote
Perguntou a rival cobra:
“O que você acha forte
E o que mais te incomoda?”


A cobra lhe respondeu:
“Esse tal de vagalume,
Que é grande rival meu,
E só me provoca ciúme”


O grande amigo caçote
Perguntou novamente:
“Ele não tem brilho forte,
Por que fica descontente


Com seu bom esplendor?”
Replicou assim a cobra:
“É seu brilho, meu senhor,
Que tanto me incomoda.”


O grande amigo caçote
Perguntou a rival cobra:
“Talvez você não goste,
Mas me diga as novas,


Ele é um alimento certo?
A cobra respondeu rindo:
“Vou comer esse inseto?”
(O caçote sempre fugindo).


O grande amigo caçote
Perguntou mais uma vez:
“Talvez você não goste,
Mas o que o vagalume fez,


E por que te incomoda?”
“Porque odeio seu brilho.”
Respondeu a rival cobra,
E após seguiu o seu trilho.

Mário Querino – Poeta de Deus


   

REFORMA DO POSTO DE SAÚDE CONTINUA DENTRO DO POSSÍVEL



Eu passei agora a pouco
Com muita satisfação
Pela nossa Rua do Posto
E vi a boa continuação


Dessa reforma esperada.
Então, feliz eu fotografei
Para deixá-la propalada,
Foi para isso que visitei.




Está ficando bem bonito,
Branco com a faixa azul,
Isto é bom para o Distrito,
Cantinho de Pindobaçu.


O Posto de Saúde, agora
Está sendo mais visto,
Por isso o Poeta ora
Em prol dos polípticos.




Também já está sendo
Trocadas as lâmpadas
Agora estão acendendo
E dão luz que encanta.


Obviamente a equipe,
Agiliza no possível sim,
Para que amanhã fique
Ok, tintim por tintim.





Por fora está quase ok,
Mas ainda estão lidando,
A turma lida pra valer,
Pois o dia está passando


E amanhã já deve haver
Alguns atendimentos sim.
Sobre isso nada vou dizer,
Pois não disseram a mim.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Poeta Mário Querino 20/08/2017

SONHO DO POETA MÁRIO QUERINO TRAZ BOM EXEMPLO DE PORTEIRO LÍCITO

Poeta Mário Querino 20/08/2017


Nesta noite eu sonhei
Que estava na entidade,
Lidando como Porteiro,
Com dom e capacidade,


Fé, amor e boa virtude.
E logo uma Professora
Foi saindo juntamente
Com aluna auxiliadora.


Mas eu, como Porteiro,
Peguei no braço e puxei
Para essa aluna ir buscar
A autorização, pois é Lei


E norma dessa entidade.
A Professora ficou irada,
E voltou com sua aluna
Que sempre lhe auxiliava.


Depois de um bom tempo,
A Professora saiu sozinha.
Então o Porteiro indagou:
“Cadê aquela mocinha,


Que ia saindo contigo?”
A Professora assim falou:
“Ela não vai não.” Irada,
Murmurou, murmurou...


Foi sozinha sem ninguém.
Dá a entender ao leitor
Deste texto poético
Que o Porteiro não levou


Em consideração o título
Que a Professora tem,
Mas o cumprimento sim,
Da norma para lidar bem.


Se essa aluna não saiu
Após falar com o Diretor,
Por não ser autorizada,
A Professora irada ficou.


Mas o Porteiro tem razão,
Pois recebeu uma ordem:
“Ninguém sai sem o ofício,
Nem com o Diretor pode...”


Como o Porteiro é louco,
Não tem medo de perder
O seu emprego fazendo
Justiça, Deus dá o poder


De ele não deixar sair
Ninguém sem o oficio.
Dá a entender que no Céu
O Porteiro deve ser lícito,


Quem entrar não sairá,
E que estiver de fora,
Também entrar não vai
Antes de chegar a hora.


O Porteiro não considera
Amizade, parentesco,
Nem também propina,
Só entra quem tem direito.


E quem entrar não sai
Mais para pegar nada
Que se esqueceu lá fora,
Se vigie antes da entrada.


Daí eu pus o cadeado sim
No portão e fui à cozinha.
Lá pedi um copo de água,
A cozinheira estava sozinha


E o Diretor lhe auxiliando.
Pois as suas auxiliares não
Entraram nessa entidade,
Não sei qual foi a razão.


Porque não chegaram não
No portão nesse dia.
Como o Diretor era humilde,
Auxiliava bem com alegria.


Tudo ocorreu muito bem,
Onde tem Diretor sabido,
Humilde e de boa vontade,
O trabalho é bem-sucedido,


E todos produzem com fé,
Amor e cumprem as regras.
Ninguém passa adiante,
E faz o que o Diretor delega.  


Me acordei e me levantei
As 4 horas e 5 minutos.
Agora me interessei sim,
Descrever para o público


O resumo do meu sonho.
Pois achei interessante
E vou agora compartilhar,
Eu noto que é edificante.

Mário Querino – Poeta de Deus


sábado, 19 de agosto de 2017

MAIS IMPORTA É AGRADAR A DEUS QUE AOS HOMENS



Agora a pouco Maria José
Chegou da Igreja Católica,
Pois foi participar da Missa,
Ora, na Igreja que ela gosta.


A minha esposa Maria José,
Falou que hoje foi a Missa
De felicitação aos 30 anos
De Pastoral. E ela participa


Dessa Pastoral no Distrito
De Bananeiras. Isto é bom,
Pois faz a coisa que gosta,
Voluntária, com fé e dom.


Não há coisa melhor que,
A gente fazer o que gosta.
Por isso Maria José faz
O bem na Igreja Católica.




Alguém pode até indagar:
“Por que D. Maria José
Não segue Mário Querino?”
Por ser pessoalmente a fé.


Eu não vejo que seja justo
A mulher seguir o marido
Somente para lhe agradar,
Esse frequentar é fingido.


Claro, nossa convivência é
Dez, não existe problemas,
Até agora nosso lar tem paz
E que todo mundo entenda


Que em time que está bem
Não se mexe, dizia meu pai.
Sou evangélico e Maria José
Feliz à Igreja Católica vai.


Mário Querino – Poeta de Deus  

Poeta Mário Querino 19/08/2017