domingo, 30 de junho de 2019

QUANDO HÁ UM AMOR APAIXONADO, UM SEGUNDO SEPARADOS JÁ NOS DEIXA DESESPERADOS




Hoje é domingo sim,
Nos levantamos cedo.
Isso não foi para mim
Bom, mas o segredo,


Eu vou revelar agora
Com boa satisfação:
Minha terna senhora
Se vestiu com emoção



Para ir sim participar
De uma Santa Missa
Na Igreja deste lugar,
O Padre faria visita



A este amado Distrito,
A fim de anunciar
A Paz de Jesus Cristo
Aos que vão escutar.




É óbvio, eu não fui
Ao Templo, e estou
Aqui, o coração frui
Das canções de amor


Que Roberto Carlos fez
Para este meu tempo
Que me apaixonei
E elevo pensamentos


Até a minha mulher
Que demonstra amor,
Que só D. Maria José,
Assim me apaixonou.


Porém, como hoje é
Domingo e há Missa,
A senhora Maria José
Ficou sim mais bonita,




Para ir falar com Jesus,
E claro, agradecer,
Pois é Ele quem dá luz
Ao amor com prazer.



De fato, D. Maria José
Pedirá sim confiante
Para Jesus de Nazaré
Dar algo importante


Em prol de sua casa.
Por isso não é à-toa
Ela ouvir a Palavra
De Deus com pessoas


Que vão à Santa Missa.
Claro, todas vão
Produzidas e bonitas
Com Jesus no coração.




Na Igreja ela regozija
A sua alma e espírito,
Seu corpo que diga
A todos deste Distrito.


Para mim essa Missa
Diferiu muito tempo,
D. Maria José, bonita,
E eu neste isolamento


Já esperando em paz
A querida Maria José,
Que foi falar com o Pai
Que aumenta a fé



E o seu preciso amor.
Agora, meu intelecto
Sozinho aqui ficou
Só ouvindo o Roberto.



Mário Querino – Poeta de Deus


Poeta Mário Querino 30/06/2019


sábado, 29 de junho de 2019

NÃO VEJO MAIS MOTIVO PARA EU ENLOUQUECER, PORQUE TENHO COMIGO UM AMOR PRA VALER

Poeta Mário Querino 29/06/2019



Já passando esses dias
De atestado e recesso,
Ouvindo com alegria
As canções de Roberto,


Neste bom tempo sim,
Que chegou a paixão
Já movendo até o fim
O meu terno coração,


É claro, disso já sabia
Que viria esta paixão,
Pois minha mãe dizia,
Para avisar o coração


E também o intelecto.
Mesmo inexperiente,
É claro, ouvia Roberto,
Porém, fiquei doente


Por sentir a primeira
Paixão e por ser fraco
Aqui em Bananeiras,
Feito um palhaço


Fazendo graça a todos,
A ponto de eu ser
Tachado como doido,
Por amar sem saber


Que pra tudo há tempo.
Mas a segunda paixão
Ficou sim, forte dentro
Do meu terno coração.


E nesses últimos dias
Se manifestou com fé,
E para a minha alegria,
Crava em D. Maria José,


O amor da mocidade.
Por isso meu intelecto
Ouve com felicidade
Os cantos de Roberto,


Os quais falam bem
O que eu sinto com fé,
E ouve feliz também
A querida Maria José.


Porque o seu coração
Ama ouvir as palavras
Que trazem edificação
E regozija a sua casa.


Ora, estamos vivendo
Só para amar sim,
E o tempo está sendo
Pra ela e para mim.


É lícita a oportunidade
Para termos contentes
Um lar de felicidade
E amor entre a gente.


Não vejo mais motivo
Para eu enlouquecer,
Porque tenho comigo
Um amor pra valer.


Mas só encontrei sim,
Nesta segunda paixão,
Após 31 anos, é assim
Que a vida com razão


Nos oferece muito bem,
Um amor com sucesso.
Por isso o coração tem
Gosto de ouvir Roberto.


Porque as suas canções
Deixam um amor claro.
Esta é uma das razões
De ouvir Roberto Carlos,


Sem perder a nossa fé
Que nesta vida temos
Em Jesus de Nazaré,
Que está nos trazendo  


Neste especial Distrito
A nossa convivência
Com este amor bonito
E de mais experiência.


Ora, não é mais preciso
Enlouquecer nesta vida,
Porque tenho comigo
D. Maria José, querida


Que satisfaz o coração
De quem aufere com fé
Esta segunda paixão
Por D. Maria José.


Mário Querino – Poeta de Deus  


quinta-feira, 27 de junho de 2019

MINHA MÃE DIZIA: “PODE SURGIR UMA PAIXÃO QUE É INFLUÊNCIA SIM DA IDADE

Poeta Mário Querino e D. Maria José
Vivendo sua segunda paixão com mais intensidade 

27/06/2019



 Com este meu bem-estar,
Hoje, eu já posso dizer
Que o meu bom olhar
Já está repleto de prazer.


Pois visitei o Hospital
Público, Roberto Santos,
Localizado na Capital
Do Estado, meu encanto.


Lá, um Doutor sabido
Fez uma boa cirurgia,
Me tirando um pterígio,
O qual já me impedia


Eu ter uma boa visão.
Claro, foi de bom gosto,
Eu tomar essa decisão.
Aprazou sim um pouco


Porque a nossa Capital
Onde fica sim, situado
Nosso famoso Hospital,
É de 384 Km separado


Deste nosso Município.
E de fato, muita gente
Foi fazer também isso,
Para ver mais ciente.


Como eu já tenho sim,
Um olhar apaixonado,
Agora, veio até a mim
Este amor inesperado.


Claro, eu já disso sabia,
Pois todo mundo tem
A segunda paixão. Dizia
Consciente isso também


A minha mãe Gildete,
Que se a gente resistir
Passa, e não acontece
O que sempre vejo aqui


Entre casais de irmãos.
Porque todo homem é
Encantado e tem paixão,
Ainda que tenha mulher.


Claro, quando eu jovem,
Me encantou Maria José.
Minha mãe dizia: “Pode
Surgir uma paixão que é


Influência sim da idade.”
Eu tive também o direito
De sentir a necessidade
De ter cravada no peito


Essa segunda paixão.
Porém, dei muita sorte,
Porque no meu coração
Já existia um amor forte


Por D. Maria José,
E minha segunda paixão,
Justamente, agora é
Por quem me dá atenção.


Por incrível que pareça,
A segunda paixão veio
Aos 57 anos, a cabeça
Já ciente em tudo, creio


Que hoje é um motivo
Da gente feliz brindar
Para este amor antigo
A segunda paixão deixar


Entre Mário Querino
E D. Maria José
No cantinho nordestino.
Por isso com muita fé,


Amor e grande paixão
Neste amado cantinho,
Brindamos de boa visão
E umas taças com vinho


Pra congratularmos sim
Um grande amor que é
Tudo na vida para mim
E para D. Maria José.


Na verdade, na verdade
A segunda paixão
Mexe com a sexualidade,
Alma, espírito e coração.


Minha mulher teve sim
Uma grande sorte,
A segunda paixão é assim,
Inevitável como a Morte.


Se o meu amor não fosse
Assim tão profundo,
O qual cônscio trouxe
D. Maria José ao mundo


Para cravar no coração
Deste Poeta apaixonado,
Esta segunda paixão
Teria sim nos separados.


Mário Querino – Poeta de Deus 



ALGO DOS OUTROS QUEM DEVE RESOLVER SÃO OS OUTROS

Poeta Mário Querino 27/06/2019


 Ontem, me deitei
Cedo da noite sim,
E logo dormi. Sonhei
Ouvindo algo assim,


Da boca de um cara
Que com insatisfação
Tudo isso declara
Para o meu coração:


“Aquele amigo está
Numa triste trilha,
Vive só para raparigar.”
Porém, é a sua filha


Que lhe leva ao Motel,
E isso o cara não nota.
Daí, olhou para o Céu
Por não ouvir resposta,


E continuou dizendo:
“Aquele outro amigo,
Nada está fazendo,
Vive entre os perdidos.”


Mas já é esclarecido
Que a sua riqueza
Veio à custa de dízimo
E oferta da Igreja.


Como não ouviu nada,
Disse ao meu coração:
“Aquela dona de casa
Não faz sua obrigação,


Vive de porta em porta,
Parece que não cuida
Do marido que gosta,
Parece não, sem dúvida.”


Mas não percebe não,
Que a sua sempre está
Vendo com satisfação
Tudo que há no celular.


Como não teve êxito
Nos seus comentários,
Abriu a Bíblia no texto
Que é muito necessário


Para todo mundo ouvir,
Parar um pouco
E fazer o coração sentir
Que a vida dos outros


Não cabe julgamento
De nós seres humanos.
Então, nesse momento
Foi lido por esse fulano:


“Não julgueis, para não sejais
Julgados. Pois, com a medida
Com que tiverdes medido...” Faz
Uma reflexão na tua vida


E verás que Deus fez assim
O Universo, tudo com dois,
Sem ter união até o fim.
É claro, tudo isso, depois


Vai ter uma determinação,
Cada qual ficará posto
No seu lugar ou posição.
Então, algo dos outros


Quem deve resolver
São os outros, e não
Eu, e claro nem você.
Deus deixa cada cristão


Fazer o que mais gosta,
E ainda dá a consciência
Que terá uma resposta,
Digo, as consequências.


Então, não devo achar
Que fulano, sicrano
Ou beltrano, está
No cantinho baiano


Fazendo algo ilícito.
Se não for do meu jeito,
O que tenho com isso?
Vou ficar insatisfeito,


Se não ganharei nada
E nada vou perder?
Cuidarei da minha casa,
E sem abuso do poder.


Porque D. Maria José
É livre para fazer sim,
O que gosta e quiser,
Independente de mim.


Os meus filhos já são
Maiores de idade,
Não tenho obrigação
De tirar sua liberdade.


Meu neto tem o pai
Para lhe educar sim,
Do jeito que lhe satisfaz,
Isso não cabe a mim.


Deus dá a todos nós
A consciência do bem
E do mal, ergue a voz,
Mas não tira ninguém


De tomar a sua decisão.
É claro, tudo foi feito
Em dois, uma direção
Oposta da outra, direito


Ninguém será na Terra.
Quem achar que agrada
Alguém no pé de serra,
É quem faz mais cagada.


Então, viva para você
E não para os outros.
Quem vai na Terra ser
Feliz muito ou pouco


É você, quem vai sofrer
Muito ou pouco na Terra,
Obviamente é você,
Vê o Poeta do pé de serra.


Pare e reflita bem nisto:
Quem mais sofreu na Terra
Que o Senhor Jesus Cristo?
O Poeta do pé de serra


Indaga mais assim a todos:
“Quem faz algo para ser
Seu amigo? Claro, é “doido”,
O cara que lhe receber.”


Ora, hoje, vivo a loucura
Por ser um amigo
De Jesus, e minha Cultura
Me faz ficar excluído...


Mário Querino – Poeta de Deus

QUANDO A MENTE ESTIVER DESCONTROLADA, PROCURE UM BOM LUGAR PARA RELAXAR, O IDEAL É AONDE HÁ PROFISSIONAL ESPECIALIZADO QUE TENHA ÉTICA

Poeta Mário Querino 21/09/2019 (Dia da Árvore)  Quando o funcionário Psicologicamente Bem não estiver não, Não vá ao ambie...