À JOVEM CRISTINA NASCIMENTO



Cheguei na casa de Ana,
Minha irmã querida,
Vi sua filha tão bacana,
De fato, bem florida,


Com lindo cabelo louro
E um sorriso engraçado.
A beleza é um tesouro
Que Deus tem lhe dado.


Realmente, careceu sim
Das mãos de uma amiga,
Ela fez tintim por tintim
Para deixar feliz da vida


Minha amada sobrinha.
Cássia Santana fez sim
O cabelo desta gatinha
Ficar encantador assim.


A Cristina Nascimento,
É sobrinha deste Poeta,
Que posta no momento
Uma poesia como esta.



Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 25/12/2015

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ

DIA MUNDIAL DA SAÚDE