DIANTE DE TANTOS ERROS, O QUE NÃO POSSO FAZER?

Poeta Mário Querino 26/11/2015


Um amigo me procurou
Para fazer comentários.
Então assim perguntou:
“Caro amigo Poeta Mário,


Por que sua religião exige
Que os irmãos renunciem
E não seguem livres?
Agora você me anuncie


O que obedece ao Pastor.”
Então comecei bem assim:
Não é como você pensou,
Eu que vejo tintim por tintim


O que devo deixar ou não.
Todavia, eu mostro agora
Para você uma religião
Que você ficará toda hora


Fazendo o que mais almeja.
Você pode beber cachaça,
Até na porta da igreja,
Você pode andar sem calça,


Sem camisa onde quiser,
Você pode fumar, dançar,
Trair até a sua mulher,
Se não for à igreja, bem está,


E se for ninguém lhe ver.
Você será livre nos caminhos seus.
Ele indagou: “O que não posso fazer?
Respondi: Entrar no Reino de Deus.


Mário Querino – Poeta de Deus  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS