DIANTE DE TANTOS ERROS, O QUE NÃO POSSO FAZER?

Poeta Mário Querino 26/11/2015


Um amigo me procurou
Para fazer comentários.
Então assim perguntou:
“Caro amigo Poeta Mário,


Por que sua religião exige
Que os irmãos renunciem
E não seguem livres?
Agora você me anuncie


O que obedece ao Pastor.”
Então comecei bem assim:
Não é como você pensou,
Eu que vejo tintim por tintim


O que devo deixar ou não.
Todavia, eu mostro agora
Para você uma religião
Que você ficará toda hora


Fazendo o que mais almeja.
Você pode beber cachaça,
Até na porta da igreja,
Você pode andar sem calça,


Sem camisa onde quiser,
Você pode fumar, dançar,
Trair até a sua mulher,
Se não for à igreja, bem está,


E se for ninguém lhe ver.
Você será livre nos caminhos seus.
Ele indagou: “O que não posso fazer?
Respondi: Entrar no Reino de Deus.


Mário Querino – Poeta de Deus  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

KELVYN, O BANANEIRENSE RECÉM-NASCIDO, MORRE ANTES DE VER A LUZ DO DIA

MÁRTIR TIRADENTES

EQUIPE DO CREAS FAZ PALESTRA NO COLÉGIO MUNICIPAL DO DISTRITO DE BANANEIRAS