NÃO SE APEGUE NO QUE NÃO SERVE PARA NADA

Poeta Mário Querino 16/11/2015


Eu lendo a Bíblia Sagrada
E procurando entender,
Coisas já foram tiradas
Da posse do meu poder.


Cada dia que se passa
Vou descobrindo algo
Que me impede a graça
De eu ser abençoado.


Contemplei o Escritório
E fiz uma boa limpeza,
Tudo que era notório
Sem me trazer certeza...


Eu já peguei consciente
E já desconsiderei sim.
Já tenho Deus presente,
O qual ouve até ao fim.


Agora adoro ao Senhor
Em espírito e verdade,
Tudo para trás já ficou
E sigo outra realidade.


Eu já tenho outra visão,
A presença do Deus vivo,
Se alegra o meu coração,
Ando com paz e regozijo.


Deus está onde eu estou
E cada dia sou diferente.
Por isso limpando estou
E tornando mais crente.


Se não serve para nada
Estou me desapegando,
Já estou tirando de casa
E testemunho mostrado.


Hoje eu estava no setor
Do meu típico trabalho,
Vi algo vindo do Senhor
Para melhorar o atalho.


Fui tocado pelo Espírito,
Indo à Bíblia Sagrada,
No Salmo 115, li o escrito
E meditei nas palavras.

Entendi tintim por tintim,
O Espírito me orientando,
No Escritório disse assim:
“Estão somente ocupando


Espeço neste Escritório.”
Daí comecei a tirá-los,
Eram apenas acessórios
E vou desconsiderá-los.


O Escritório ficou limpo
O Espírito Santo tomará
Posse. Agora eu já sinto
Que Deus me abençoará.


No que tinha mais apego,
Vejo se distanciar de mim,
Pois descobri o segredo
Para ser feliz até ao fim.


Isso já acontece comigo
E pode incidir com você.
Deixe o morto excluído,
Adore a Deus com saber


E com inteligência ainda,
Sirva em espírito e verdade,
E verás as bênçãos divinas,
E terás um lar de felicidade.


Mário Querino – Poeta de Deus    

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS