CRIADOR DE LEIS É QUEM PRIMEIRO DEVE CUMPRI-LAS

Poeta Mário Querino 28/10/2015


Numa grande entidade
Havia bons empregados
E lidavam com vontade,
Realmente, sossegados.


Um dia o chefe motivou
Instituir tudo direitinho.
Daí uniforme comprou
Com prazer e carinho.


E então, distribuiu tudo
Para seus empregados.
Após fez um bom estudo
E se encheu de agrado.


Mas um dia um precisou
Se aparecer na empresa
Fora da Lei que ganhou.
Porém, isso com certeza


Uma lícita punição houve,
Nada o empregado falou.
Porém, um dia ele pôde
Encontrar o seu senhor


Que lhe perguntou assim:
“A paz. Tudo bem amigo?
O trabalho é bom ou ruim?”
O servidor disse: “Tive castigo.


 Um dia da semana passada.”
O patrão inquiriu: “Por quê?
Você fez coisa errada
Para o chefe castigar você?”


O servidor assim comentou:
“O meu chefe quis organizar
A empresa que lhe confiou
O senhor, e careci quebrar


A ordem que ele me deu.
Então, quando lá cheguei,
Ele não me recebeu
Pois o uniforme não levei.


O patrão indagou com dote:
“Não acredito! Você foi nu?”
O servidor disse: “De short.
Mas o chefe foi muito cru.”


Tudo bem, ele tem razão,
A Lei é para ser cumprida.
Assim afirmou o patrão,
A ordem foi transgredida.


Mas Deus tocou no patrão
E ele quis fazer uma visita
Na empresa com satisfação,
Ao chegar contrariado fica,


Pois vê o chefe de bermuda.
Chamou-o ao Escritório,
Lamentou: “Deus me acuda,
Mas isso deve ser notório.”


Daí falou: “Meu bom chefe,
Gostei da sua organização,
Mas você também merece
Ser castigado pelo patrão.


Como é que crias Lei rígida
E não queres obedecer?
Primeiro deve ser exercida
Por quem pôde estabelecer.


Jamais crie Lei na entidade,
Se não puderes cumpri-la.
Deixes a turma à vontade,
E as coisas sejam tranquilas.


Mário Querino – Poeta de Deus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS