CRIADOR DE LEIS É QUEM PRIMEIRO DEVE CUMPRI-LAS

Poeta Mário Querino 28/10/2015


Numa grande entidade
Havia bons empregados
E lidavam com vontade,
Realmente, sossegados.


Um dia o chefe motivou
Instituir tudo direitinho.
Daí uniforme comprou
Com prazer e carinho.


E então, distribuiu tudo
Para seus empregados.
Após fez um bom estudo
E se encheu de agrado.


Mas um dia um precisou
Se aparecer na empresa
Fora da Lei que ganhou.
Porém, isso com certeza


Uma lícita punição houve,
Nada o empregado falou.
Porém, um dia ele pôde
Encontrar o seu senhor


Que lhe perguntou assim:
“A paz. Tudo bem amigo?
O trabalho é bom ou ruim?”
O servidor disse: “Tive castigo.


 Um dia da semana passada.”
O patrão inquiriu: “Por quê?
Você fez coisa errada
Para o chefe castigar você?”


O servidor assim comentou:
“O meu chefe quis organizar
A empresa que lhe confiou
O senhor, e careci quebrar


A ordem que ele me deu.
Então, quando lá cheguei,
Ele não me recebeu
Pois o uniforme não levei.


O patrão indagou com dote:
“Não acredito! Você foi nu?”
O servidor disse: “De short.
Mas o chefe foi muito cru.”


Tudo bem, ele tem razão,
A Lei é para ser cumprida.
Assim afirmou o patrão,
A ordem foi transgredida.


Mas Deus tocou no patrão
E ele quis fazer uma visita
Na empresa com satisfação,
Ao chegar contrariado fica,


Pois vê o chefe de bermuda.
Chamou-o ao Escritório,
Lamentou: “Deus me acuda,
Mas isso deve ser notório.”


Daí falou: “Meu bom chefe,
Gostei da sua organização,
Mas você também merece
Ser castigado pelo patrão.


Como é que crias Lei rígida
E não queres obedecer?
Primeiro deve ser exercida
Por quem pôde estabelecer.


Jamais crie Lei na entidade,
Se não puderes cumpri-la.
Deixes a turma à vontade,
E as coisas sejam tranquilas.


Mário Querino – Poeta de Deus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ

DIA MUNDIAL DA SAÚDE