O AMOR SUPERA TUDO NA VIDA

Poeta Mário Querino 13/03/2017


Tem árvore merecedora
De crescer, crescer...
Mas alguém usa tesoura
Para contente não a ver.


A árvore insiste a crescer
E alguém poda com ira,
Porque a árvore pode ter
Boa sombra, e isso tira


A alacridade de alguém
Que somente tem ledice
Ao ver a árvore também
Humilhada e muito triste.


Um dia alguém viu sim
A árvore crescer, crescer...
E isso foi tão ruim
Pra alguém que, ao ver


Pegou um machado e foi
Derribar pelo tronco.
Alçou o machado, depois
Disse: “Agora pronto,


Extirparei de uma vez
E porei outra no lugar.”
Como a árvore sempre fez
Sombra naquele lugar,


Com mais uns anos sim,
Um broto que nasceu,
E alguém já estava ruim,
Digo, a força desapareceu.


Esse filho da boa árvore,
Cresceu, cresceu, cresceu...
Obviamente à vontade,
E sombra melhor deu.


Um dia alguém já velhinho,
Cansado, fez uma viagem.
Quando seguia o caminho
Deparou-se com a árvore


Que tinha grande sombra.
Daí contempla a estrutura,
Tira o seu chapéu e sonda
Depois diz: “Que frescura,


Dá até pra gente dormir!”
Admirado com o encontro,
Claro, começou a refletir,
Ao olhar bem viu o tronco


Já estragado pelo tempo.
Realmente, teve remorso,
E logo veio o pensamento:
“Ficar aqui jamais posso,


Porque esta árvore é filho
Daquela que eu podava
Pra lhe tirar do bom trilho,
Pois ela me incomodava


Quando eu a via crescer...
Seu filho é bem mais forte
E jamais vou lhe vencer!
Agora, qual será a sorte


Deste velho já cansado
Sem uma boa sombra ter?
Maldito aquele machado
Que fez sua mãe morrer!”


Mas o filho da árvore deu
Uma boa sombra ao cruel,
Mostrou que o amor seu,
De fato, é vindo do Céu.


Então, não impeça alguém
Crescer, crescer, crescer...
Porque um tempo vem
Que alguém livrará você.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ

DIA MUNDIAL DA SAÚDE