O QUE SERÁ DA HUMANIDADE QUE VIVE ASSIM TÃO AO LÉU?

Poeta Mário Querino 10/03/2017


O tempo passa de repente,
Poucos estão percebendo,
O mundo oferece a gente
Algo que não entendemos


Que futuramente vai trazer
Dor e um grande prejuízo.
Aparentemente vemos viver
As pessoas com regozijo,


Mas isso dor vai lhes causar
Por falta do reconhecimento.
Pois tudo que o mundo dar
Pode passar num momento.


O que será da humanidade
Que vive assim tão ao léu,
Tentando fugir da verdade
E do Deus da Terra e do Céu?


Esta vida é como um sopro,
Existe e logo não existirá.
O nosso tempo é tão pouco,
E não adiantamos atropelar


Os nossos irmãos humildes.
Pois eles precisam andar
No mundo, felizes e livres,
E você só subiu para ajudar.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS