O QUE SERÁ DA HUMANIDADE QUE VIVE ASSIM TÃO AO LÉU?

Poeta Mário Querino 10/03/2017


O tempo passa de repente,
Poucos estão percebendo,
O mundo oferece a gente
Algo que não entendemos


Que futuramente vai trazer
Dor e um grande prejuízo.
Aparentemente vemos viver
As pessoas com regozijo,


Mas isso dor vai lhes causar
Por falta do reconhecimento.
Pois tudo que o mundo dar
Pode passar num momento.


O que será da humanidade
Que vive assim tão ao léu,
Tentando fugir da verdade
E do Deus da Terra e do Céu?


Esta vida é como um sopro,
Existe e logo não existirá.
O nosso tempo é tão pouco,
E não adiantamos atropelar


Os nossos irmãos humildes.
Pois eles precisam andar
No mundo, felizes e livres,
E você só subiu para ajudar.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

KELVYN, O BANANEIRENSE RECÉM-NASCIDO, MORRE ANTES DE VER A LUZ DO DIA

MÁRTIR TIRADENTES

EQUIPE DO CREAS FAZ PALESTRA NO COLÉGIO MUNICIPAL DO DISTRITO DE BANANEIRAS