segunda-feira, 20 de março de 2017

RENUNCIE A PRÁTICA DE PECADOS, MAS CONTINUE FRUINDO DE TUDO QUE NO MUNDO TEM, COM MODERAÇÃO, RESPEITO, PAZ, AMOR E JÚBILO, SEM SE ESQUECER DO TRABALHO

Poeta Mário Querino 20/03/2017


O Pregador bateu na tecla
Várias vezes no Santuário:
“Você precisa renunciar
Tudo no mundo.” Vários


Ouvintes deram glórias,
Por não perceberem bem
Que precisamos pra viver
Disto que o mundo tem.


O Pregador falou da lida
Que impede o irmão ir
Ao Templo orar a Deus.
Isso me faz então refletir,


Indagar ao Senhor Deus
E também aos homens:
Como viver no Templo,
Se a gente bebe e come?


Se necessita na Terra
De tudo que ela oferece?
Não posso nem devo ater,
Se a vida de algo carece


Para viver bem no mundo.
Deus pede uma renúncia,
Mas da prática de pecados,
Isso meu coração assunta


E posso e devo renunciar
Para viver na obediência
À Palavra do Senhor Deus.
Mas o meu coração pensa


De trabalhar para possuir
Algo bom, belo e decente.
É óbvio, com moderação,
E não deprecie esta gente.


“A raiz de todos os males
É o amor ao dinheiro.”(1 Tm 6:10)
Agora mostre a renúncia
Que já fez um obreiro,


Quem já renegou salário,
Quem leu Paulo e está
Ciente do dito: “Quem
Não quer trabalhar...” (2 Ts 3:10)

Qual é a importância
Duma renúncia de algo?
Vamos ler o que Paulo
Deixou aqui registrado. (2 Tm 3:16-17)


Então, eu não posso ficar
Sempre no Templo,
Porque tenho que lidar
Para ter meu sustento.


Afinal de cotas, o Senhor
Está sempre comigo,
Orientando e ajudando,
O testemunho tem sido


Mais importante do que
A frequência no Templo.
Por isso renuncio o mal
Mas aproveito o tempo


Pra trabalhar e adquirir
O melhor e o mais bonito
Para eu fruir nesta vida
Que tenho neste Distrito.

Mário Querino – Poeta de Deus      


Nenhum comentário:

Postar um comentário