POETA MÁRIO QUERINO SONHA COM CANTOR FAMOSO CANTANDO NUMA FAZENDA

Poeta Mário Querino 07/03/2017


Sonhei que estava em casa
E percebi que tinha cantor
Que numa Fazenda cantava,
Era famoso e me interessou


Eu ir lhe ouvir também.
Então eu deixei o meu pai
Em casa sem ninguém
E ele precisava de mais


De minha presença sim.
Encostei a porta de casa
E deixei meu pai sem mim
Nas horas que precisava.


Então seguir o caminho
Para chegar feliz da vida.
Lá eu cheguei sozinho
De short e sem camisa.


Quando ouvir as músicas
Lembrei-me do passado,
E meu coração busca
Um sonho já realizado.


Então o cantor me viu
E também reconheceu
Que eu era seu fã no Brasil.
Daí uma blusa me deu,


Pois a noite estava fria.
A blusa tinha seu nome
E tirei várias fotografias
Com o famoso homem.


Daí um amigo chegou
E trouxe as duas chaves
Da casa que pai ficou,
Isso deu tranquilidade


Ao meu coração sim.
Mas no final do show,
Alguém achou ruim
E uns para fora botou.


No show eu só vi dois
Sobrinhos meus (casal),
Daí eu recebi depois
Um blusão especial.


Então voltei para casa
E ao chegar à porta,
Eu não tive mais entrada
E alguém mostra


Um gesto com dois dedos
Que me deu a entender:
“Esse cara não tem medo,
Furarei os olhos pra não ver


Mais o seu pai que ficou
Aqui sozinho nesta casa.
Não tive nenhum temor,
Mas vi a porta quebrada.


Daí fui à casa de um irmão,
De repente meu pai chega,
E faço uma indagação:
Por que bebem cerveja


Lá em casa, ó meu pai?
Meu pai respondeu assim:
“Porque não fui capaz
De evitar esses caras ruins


Que quebraram a porta
E invadiram minha casa,
E você lá não encosta.”
Então assim eu pensava:


Para onde eu vou agora?
Não posso entrar na casa
Do meu pai nesta hora,
E já é de madrugada!


Daí me acordei e resolvi
Descrever este sonho
Para todo mundo refletir.
É claro, eu não proponho


Voltar ao passado não,
Vivo bem no presente,
Independente da situação
Eu estou bem contente.

Mário Querino – Poeta de Deus  

  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS