POETA MÁRIO QUERINO FAZ RECICLAGEM PARA ECONOMIZAR O DINHEIRO PÚBLICO



Graças ao Senhor Deus
E o apoio da Diretora,
Que tudo certo deu,
No jardim há molhadora

Que alivia o meu labor.
É só pôr a mangueira
Com regozijo e vigor
No biquinho da torneira,

Que a água molha bem
Quase todas as plantas.
Júbilo meu coração tem
E o jardim nos encanta.




Precisei de alguns pivôs
Para molhar melhor,
Mas Deus me orientou
E me mostrou ao redor

Uns palitos de Kibon
Para eu utilizá-los bem.
Usei e achei muito bom,
Dá pra manter também

A grana da Prefeitura
Que gastaria nos pivôs.
Essa grana se segura
Para fazer outro labor.




O que eu puder fazer
Em prol da entidade,
Economizo com prazer,
Para investir na cidade.

Pra todos vê-la bonita
E achar o Gestor justo.
Certamente os turistas
Veem o dinheiro público

Bem utilizado sim.
Então faço reciclagem
E fica bem o jardim
Com esta criatividade.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Poeta Mário Querino 06/02/2017

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ