SONHO DO POETA MÁRIO QUERINO NA TARDE DE DOMINGO

Poeta Mário Querino 26/02/2017


Eu estava dormindo
Sossegado na cama,
Na tarde de domingo.
Dormir a gente ama,


Pois é um dia feriado.
Então sonhei assim:
Eu tinha chegado,
Alguém diz para mim


“A porta está fechada,
Parece que não tem
Ninguém na sua casa.”
Respondi: Tudo bem,


Eu vou pular a grade.
Quando eu ia subindo
Para pular, ela se abre.
Era tarde de domingo,


E ali tinha dois garotos
Que bênçãos pediram
E abençoei com gosto,
Após os garotos saíram


E na casa feliz entrei.
Ao chegar à sala sim,
Poças d’água eu avistei
E pensei bem assim:


Que dia choveu aqui?
Daí voltei para a porta
E bastante gente eu vi.
Como a gente gosta


De ver chuva na terra,
Principalmente nós
Deste pé de serra,
Disse: Deus ouve a voz


Do povo que tem fé.
Voltando à sala, grato,
Vi saindo Maria José
Sorridente do quarto,


Acordou-se ao ouvir
Minha boa conversa.
Porque ela sonhava ali
Algo que lhe interessa.


Quando me acordei
Vi que tudo era sonho.
Porém, me interessei,
Divulgar eu proponho.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS