SONHO DO POETA MÁRIO QUERINO NA TARDE DE DOMINGO

Poeta Mário Querino 26/02/2017


Eu estava dormindo
Sossegado na cama,
Na tarde de domingo.
Dormir a gente ama,


Pois é um dia feriado.
Então sonhei assim:
Eu tinha chegado,
Alguém diz para mim


“A porta está fechada,
Parece que não tem
Ninguém na sua casa.”
Respondi: Tudo bem,


Eu vou pular a grade.
Quando eu ia subindo
Para pular, ela se abre.
Era tarde de domingo,


E ali tinha dois garotos
Que bênçãos pediram
E abençoei com gosto,
Após os garotos saíram


E na casa feliz entrei.
Ao chegar à sala sim,
Poças d’água eu avistei
E pensei bem assim:


Que dia choveu aqui?
Daí voltei para a porta
E bastante gente eu vi.
Como a gente gosta


De ver chuva na terra,
Principalmente nós
Deste pé de serra,
Disse: Deus ouve a voz


Do povo que tem fé.
Voltando à sala, grato,
Vi saindo Maria José
Sorridente do quarto,


Acordou-se ao ouvir
Minha boa conversa.
Porque ela sonhava ali
Algo que lhe interessa.


Quando me acordei
Vi que tudo era sonho.
Porém, me interessei,
Divulgar eu proponho.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

KELVYN, O BANANEIRENSE RECÉM-NASCIDO, MORRE ANTES DE VER A LUZ DO DIA

MÁRTIR TIRADENTES

EQUIPE DO CREAS FAZ PALESTRA NO COLÉGIO MUNICIPAL DO DISTRITO DE BANANEIRAS