DESEJO DE MULHER

Pesquisada no Google

Eu escrevo este poema
E vou pôr no Mural,
Vou dizer aos amigos
Que a mulher está mal.

A vida é deitada no sofá
E fazer mais nada quer,
A não ser assistir a novela,
Desejo de mulher.

Já fiz de tudo pra ela
Esquecer a televisão,
Mas quando eu falo,
Só ela tem razão.

Não sei mais o que faço
Para mudar a vida dela,
Até na hora do jantar
É assistindo novela.

Preciso encontrar iminente
Uma solução,
Para fazer a mulher
Esquecer a televisão.

Não tenho ciúme dos atores,
Mas preciso de atenção,
Se ela esquecer a novela,
Serei o ator de sua paixão.

Mário Querino – Poeta de Deus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ