DESEJO DE MULHER

Pesquisada no Google

Eu escrevo este poema
E vou pôr no Mural,
Vou dizer aos amigos
Que a mulher está mal.

A vida é deitada no sofá
E fazer mais nada quer,
A não ser assistir a novela,
Desejo de mulher.

Já fiz de tudo pra ela
Esquecer a televisão,
Mas quando eu falo,
Só ela tem razão.

Não sei mais o que faço
Para mudar a vida dela,
Até na hora do jantar
É assistindo novela.

Preciso encontrar iminente
Uma solução,
Para fazer a mulher
Esquecer a televisão.

Não tenho ciúme dos atores,
Mas preciso de atenção,
Se ela esquecer a novela,
Serei o ator de sua paixão.

Mário Querino – Poeta de Deus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ

DIA MUNDIAL DA SAÚDE