CONTEMPLAÇÃO

Pesquisada no Google


Subi no topo mais alto
E contemplei o Planeta.
Localizando o Brasil,
Ai! Que dor de cabeça!

Vi tanto investimento
Em obras abandonadas,
Tanta riqueza no país
Sem servir para nada,

Tanta gente sem teto,
Tantas casas fechadas,
Tanta gente com fome
E comida desperdiçada,

Tanto o que o povo fazer
E pouca gente fazendo,
Tantas estradas abertas
E o povo se prendendo,

Tantas escolas públicas
E o povo sem a vontade
De estudar e aprender,
Tantos livros e facilidade,

Tantos professores bons,
E ninguém presta atenção,
Tantas Faculdades boas
Para dar a boa instrução,

Tantos doutores sabidos
Que deveriam dar lições
Pra seus filhos e amigos
E vivem nas corrupções,

Tantas coisas boas eu vi
Neste Brasil tão querido!
No entanto a nação vive
Buscando o bom sentido

E as coisas se perdendo
Sem nenhuma utilidade.
Dá a entender que tudo
É traçado numa vontade

Própria de cada amigo,
Não se visa o progresso
Do nosso povo querido
Que Deus dá o mérito

E vejo tudo desperdiçado.
Quando do topo eu desci,
Voltei para a Bananeiras,
Aqui também eu descobri

Obras assim abandonada.
Cocei a minha cabeça
E comentei para o Senhor:
Está mal o nosso  Planeta!

Mário Querino – Poeta de Deus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ