CONTEMPLAÇÃO

Pesquisada no Google


Subi no topo mais alto
E contemplei o Planeta.
Localizando o Brasil,
Ai! Que dor de cabeça!

Vi tanto investimento
Em obras abandonadas,
Tanta riqueza no país
Sem servir para nada,

Tanta gente sem teto,
Tantas casas fechadas,
Tanta gente com fome
E comida desperdiçada,

Tanto o que o povo fazer
E pouca gente fazendo,
Tantas estradas abertas
E o povo se prendendo,

Tantas escolas públicas
E o povo sem a vontade
De estudar e aprender,
Tantos livros e facilidade,

Tantos professores bons,
E ninguém presta atenção,
Tantas Faculdades boas
Para dar a boa instrução,

Tantos doutores sabidos
Que deveriam dar lições
Pra seus filhos e amigos
E vivem nas corrupções,

Tantas coisas boas eu vi
Neste Brasil tão querido!
No entanto a nação vive
Buscando o bom sentido

E as coisas se perdendo
Sem nenhuma utilidade.
Dá a entender que tudo
É traçado numa vontade

Própria de cada amigo,
Não se visa o progresso
Do nosso povo querido
Que Deus dá o mérito

E vejo tudo desperdiçado.
Quando do topo eu desci,
Voltei para a Bananeiras,
Aqui também eu descobri

Obras assim abandonada.
Cocei a minha cabeça
E comentei para o Senhor:
Está mal o nosso  Planeta!

Mário Querino – Poeta de Deus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ

DIA MUNDIAL DA SAÚDE