LIVRO DE JÓ JÁ FOI LIDO POR POETA MÁRIO QUERINO

Poeta Mário Querino 15/08/2017


Hoje eu já tive a graça
De concluir a leitura
No Livro de Jó, o qual
Fortaleceu a postura


Que sempre busquei
Neste pé de serra.
Percebi no Livro de Jó
Uma paciência na Terra.


Agora ao ouvir falar
“Ele tem paciência de Jó.”
Ora, vendo o conteúdo,
Não creio um tintim só.


Pois Jó chegou ao limite,
Penso que neste Planeta
Não viverá mais homem
Que tenha essa cabeça,


Ou melhor, a mente
Para sofrer tanto assim
E ter força para reagir,
Dobrar a fortuna no fim


Das dores e sofrimento,
Descaso e perda de tudo.
Hoje alguém teria logo
A depressão. Fiz estudos,


Não tão profundo assim,
Mas vi tintim por tintim
E penso que no Planeta
Não existirá outro assim.


Ao falarmos da paciência
De Jó, alguém pode achar
Que é ironia do amigo
Que consigo quis objurgar.


O Livro de Jó é poético
E em ordem Bíblica,
Ele está em primeiro
Lugar. E é o que indica


A paciência dum homem
Que chegou ao extremo
E a Palavra de Deus
Não está mais dizendo


Que houve outro ser
Com a paciência de Jó.
Ao referir paciência,
Se surgir outro, melhor.


Pra aumentar minha fé
E do povo que assiste
Tamanha dor e angústia.
Sei que agora não existe


Nem existirá argumento
Pra comparar com a dor
Que Jó passou na Terra,
Sem blasfemar ao Senhor.


O autor de Jó é ignoto,
Acredita-se que Eliú
Pode tê-lo escrito o livro,
O qual li em Pindobaçu.


Agora continuarei sim
Lendo os livro poéticos.
Desta vez lerei os Salmos
E entendimento já peço


Ao Senhor Deus e Pai,
Que abra a minha mente
Para que eu desenvolva
Também meus repentes.


Mário Querino – Poeta de Deus  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS