SONHO DO POETA MÁRIO QUERINO TRAZ BOM EXEMPLO DE PORTEIRO LÍCITO

Poeta Mário Querino 20/08/2017


Nesta noite eu sonhei
Que estava na entidade,
Lidando como Porteiro,
Com dom e capacidade,


Fé, amor e boa virtude.
E logo uma Professora
Foi saindo juntamente
Com aluna auxiliadora.


Mas eu, como Porteiro,
Peguei no braço e puxei
Para essa aluna ir buscar
A autorização, pois é Lei


E norma dessa entidade.
A Professora ficou irada,
E voltou com sua aluna
Que sempre lhe auxiliava.


Depois de um bom tempo,
A Professora saiu sozinha.
Então o Porteiro indagou:
“Cadê aquela mocinha,


Que ia saindo contigo?”
A Professora assim falou:
“Ela não vai não.” Irada,
Murmurou, murmurou...


Foi sozinha sem ninguém.
Dá a entender ao leitor
Deste texto poético
Que o Porteiro não levou


Em consideração o título
Que a Professora tem,
Mas o cumprimento sim,
Da norma para lidar bem.


Se essa aluna não saiu
Após falar com o Diretor,
Por não ser autorizada,
A Professora irada ficou.


Mas o Porteiro tem razão,
Pois recebeu uma ordem:
“Ninguém sai sem o ofício,
Nem com o Diretor pode...”


Como o Porteiro é louco,
Não tem medo de perder
O seu emprego fazendo
Justiça, Deus dá o poder


De ele não deixar sair
Ninguém sem o oficio.
Dá a entender que no Céu
O Porteiro deve ser lícito,


Quem entrar não sairá,
E que estiver de fora,
Também entrar não vai
Antes de chegar a hora.


O Porteiro não considera
Amizade, parentesco,
Nem também propina,
Só entra quem tem direito.


E quem entrar não sai
Mais para pegar nada
Que se esqueceu lá fora,
Se vigie antes da entrada.


Daí eu pus o cadeado sim
No portão e fui à cozinha.
Lá pedi um copo de água,
A cozinheira estava sozinha


E o Diretor lhe auxiliando.
Pois as suas auxiliares não
Entraram nessa entidade,
Não sei qual foi a razão.


Porque não chegaram não
No portão nesse dia.
Como o Diretor era humilde,
Auxiliava bem com alegria.


Tudo ocorreu muito bem,
Onde tem Diretor sabido,
Humilde e de boa vontade,
O trabalho é bem-sucedido,


E todos produzem com fé,
Amor e cumprem as regras.
Ninguém passa adiante,
E faz o que o Diretor delega.  


Me acordei e me levantei
As 4 horas e 5 minutos.
Agora me interessei sim,
Descrever para o público


O resumo do meu sonho.
Pois achei interessante
E vou agora compartilhar,
Eu noto que é edificante.

Mário Querino – Poeta de Deus


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS