NA CASA DE D. MARIA JOSÉ FALTOU ÁGUA NO BANHEIRO E O POETA MÁRIO QUERINO TOMOU BANHO DE CUIA



Hoje cheguei do trabalho
E fiquei então pensando:
Sigo o meu velho atalho,
Banho de cuia tomando.


Para quem não conhece
O banho de cuia citado,
É o banho que carece
Se jogar água sentado.


Enche um balde de água
E se joga no corpo
Com a vasilha adequada,
Claro, de pouco a pouco.


Nossa região que era sim
Tão rica de água boa,
Agora já está a mais ruim,
Por isso clama as pessoas.


A Barragem do Rio Aipim
Tem condição de mandar
Água, tintim por tintim
Para o nosso bom lugar.


Eu não sou Engenheiro,
Mas fazendo uma caixa
Teremos o tempo inteiro
Água com júbilo e graça.


É claro, a água viria sim
Para aqui por gravidade,
Da Barragem do Rio Aipim
Basta ter a boa vontade


Para o Município fazer
Essa grande obra boa
Para então abastecer
As casas destas pessoas.


Mas enquanto não há...
Digo feliz: Glória e aleluia,
Pois ainda posso tomar
O meu banhinho de cuia.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS