PRA QUE FICAREI SE ESTRESSANDO POR ALGO QUE NÃO POSSO DAR JEITO? SE EU QUISER MUDAR E A MAIORIA NÃO QUERER?

Poeta Mário Querino 18/08/2017


Uma senhora estava
Completamente triste,
Seu esposo falava mal
Do Sistema que existe


Em nosso terno Brasil.
Ele só comentava isso:
“Os caras pegam sim
O dinheiro que é ilícito


E nada lhes acontece.
É milhão pra cá e pra lá,
E não há uma punição,
Agora, nós vamos dar


Um Imposto altíssimo
Para cobrirem o rombo.
Isso não é justo não,
Sempre levamos tombo...


O senhor falava, falava...
E sua esposa dizia:
“Vai adiantar o que,
Se tens aposentadoria?


Deixe eles fazerem tudo,
Não tirando seu salário,
Que já tens para viver
E comprar o necessário,


O resto, peguem todo.
Quando eles morrerem
Outros vão usufruir
Sem esta fadiga terem.


Tu vais morrer de raiva,
Eles seguem desviando,
Para com esta besteira,
Agora, fica só glosando!


Se tu estivesse lá, faria
A mesma coisa, ó amor!
Então deixe eles fazerem,
Depois diante do Senhor,


Vão prestar uma conta,
Claro, tintim por tintim.
Faças a sua boa parte,
Sejas calmo igual a mim,


Que viverás mais feliz.
Agora, se preocupando
Com todo este Brasil,
Se nem estás mandando


Neste cantinho baiano?
Para de tanto comentar,
Logo tu vais morrer,
Nem teu salário levarás.”

Mário Querino – Poeta de Deus   


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS