APRECIANDO O CÉU AZUL

Poeta Mário Querino 28/07/2015


Hoje olho o meu Distrito,
Vejo o Céu tão bonito,
O sol brilhando pra mim,
A brisa sopra meu corpo,
E o coração quase louco
Vendo ela longe assim.


Toda a minha felicidade
Tem sentido dificuldade
De continuar no coração.
Ela está distante de mim
E vivo tão sozinho assim,
Nesta improlífica solidão.


Hoje minha vida já tem
Muito desejo também
De apreciar o Céu azul.
Tendo da brisa o sopro
E por falta dela eu sofro
Na terra de Pindobaçu.


O que meu coração quer
É ficar do lado da mulher
Para ter carinho e amor.
Mas do jeito que eu vejo,
Vou morrer neste desejo,
Pois apaixonado já estou.



Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ