APRECIANDO O CÉU AZUL

Poeta Mário Querino 28/07/2015


Hoje olho o meu Distrito,
Vejo o Céu tão bonito,
O sol brilhando pra mim,
A brisa sopra meu corpo,
E o coração quase louco
Vendo ela longe assim.


Toda a minha felicidade
Tem sentido dificuldade
De continuar no coração.
Ela está distante de mim
E vivo tão sozinho assim,
Nesta improlífica solidão.


Hoje minha vida já tem
Muito desejo também
De apreciar o Céu azul.
Tendo da brisa o sopro
E por falta dela eu sofro
Na terra de Pindobaçu.


O que meu coração quer
É ficar do lado da mulher
Para ter carinho e amor.
Mas do jeito que eu vejo,
Vou morrer neste desejo,
Pois apaixonado já estou.



Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ

DIA MUNDIAL DA SAÚDE