segunda-feira, 13 de julho de 2015

REMENDE A ROUPA E NÃO O CORPO

Poeta Mário Querino 13/07/2015


Certo dia andava pela rua
Um caboclo com a roupa
Velha e toda remendada,
E alguém abriu a sua boca


Para zombar do caboclo
Que trabalhava noite e dia
Pra poder sobreviver aqui
Com gosto e muita alegria.

Então o caboclo vendo sim
Alguém dele zombando,
Parou e ficou ali refletindo
Depois assim foi falando:


“Minha roupa é remendada
Porém, eu estou inteirinho,
E se eu vestir roupa nova
De fato, eu ficarei novinho.

Apenas a roupa está assim
Mas muitos estão vivendo
Emendados sem mais jeito,
Isso ninguém está vendo.


Quantos fazem a cirurgia
Pra mostrar uma aparência,
No entanto, a insatisfação
Tira-lhe sua benevolência?”



Mário Querino – Poeta de Deus 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A PESSOA JÁ NASCE COM A INTEGRIDADE, ASSIM DIZIA A MINHA MÃE GILDETE

    Mário Querino 14/08/2020 Quando um homem é Honesto, ele já nasceu Com a sua integridade Pra ser varão de Deus.   Então, nã...