NÃO DEVEMOS EXCLUIR, MAS AJUDAR

Poeta Mário Querino 21/07/2015


Uma linda donzela
Ia passando na rua,
O ladrão seguiu ela,
Ela persistiu na sua


Boa caminhada até
Chegar a sua meta.
O ladrão seguia a pé
E ela toda repleta


De vigor e coragem.
Então o ladrão falou:
“Menina, na verdade,
Te roubar eu não vou,


Mas queria uma foto
Pra mim lembrar de ti,
Que tal, tirar eu posso?
Você vai me permitir?”


Ela meneou a cabeça
E deu um lindo sorriso,
Por incrível que pareça
Ficaram dois amigos.


E seguiram o caminho
Dialogando numa boa,
Ele perguntou baixinho:
“Aonde vai, assim à-toa,


Você não tem medo
De passar nesta avenida?
Por que não veio cedo,
Ó minha grande amiga?”


A donzela respondeu:
“Eu estou indo à Igreja,
Não quer ir ouvir Deus,
A tua alma Ele almeja.”


Então assim ele falou:
“Amiga, sou um ladrão!”
Ela parou, e comentou:
“Não tem nada não,


Deus te espera, amigo.
Aproveita esta ocasião,
Você vai agora comigo,
Não saberão os irmãos,


Eles vão te receber sim
Como bom visitante,
E assim juntinho a mim,
Você será importante.


Não perca o seu tempo,
Deus te chama agora.
Tire isso do pensamento,
Você terá grande vitória.”


Mário Querino – Poeta de Deus 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ

DIA MUNDIAL DA SAÚDE