QUEM NÃO RECONHECER NÃO SERÁ RECONHECIDO

Poeta Mário Querino 22/07/2015


Alguém nasceu num Distrito,
Cresceu e tornou-se adulto,
Depois foi para uma cidade,
Lidou e conseguiu recursos.


Daí voltou ao seu Distrito
Pra rever parentes e amigos.
Ao chegar deu uma volta,
Claro, feliz e bem-sucedido.


Ao encontrar um amigo
Do tempo da juventude,
Dialogou normal e falou
Com diferente atitude:


“Você é filho de quem?”
O amigo respondeu assim:
“Do seu tio fulano de tal.”
Alguém disse: “Lembra de mim?”


O amigo olhou para alguém
E respondeu fingindo: “Não!”
Alguém disse: “Não, primo?”
O amigo falou: “Não vejo razão


Para de você eu lembrar.
Se você não me reconhece primo,
Como vou reconhecer você?"
Daí se despediu e saiu rindo.



Mário Querino – Poeta de Deus  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ