O MAL É SEDUTOR, MAS SEMPRE CAUTO FICO

Poeta Mário Querino 14/03/2018



Ontem me deitei cedo
Da noite, e dormi bem.
Hoje, me acordei tarde,
O relógio dizia também


A mim que era 6 horas.
Este horário tarde já é,
Mas valeu o meu sono
Ali com D. Maria José.


Não deixei de sonhar,
Mas não posso redigir.
O sonho foi para dizer
Que eu devo viver aqui


Orando e me vigiando,
Para não praticar o mal.
Ainda que me apareça,
Devo dizer a ele tchau.


Porque não quero tê-lo
Comigo no pé de serra
Nem em qualquer lugar
Deste planeta Terra.


Sei que o mal é sedutor,
Mas sempre cauto fico
Quando o vejo ao redor
Iludindo um no Distrito,


Ou aonde me encontrar.
O mal não vem triste,
De fato, vem sorridente
E já diz: “Cara, feliz fique,


Porque já estou contigo,
Nós vamos fazer aquilo,
Mas não diga a ninguém,
Mantenha firme o sigilo.”


É nesta má hora que eu
Uso muito bem o dom
Do discernimento sim,
Pois se fosse algo bom,


Não precisaria o sigilo,
Porque o que faz bem,
Claro, deve ser público
E o povo use também.


Daí terá a comunidade
Bem edificada no lugar
Aonde estivermos sim
Vivos até Deus chamar.

Mário Querino – Poeta de Deus  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

ADOLESCÊNCIA DE MARIA JOSÉ

DIA MUNDIAL DA SAÚDE