SE PRECISO SER CONTROLADO, COMO PODEREI CONTROLAR A VIDA DOS OUTROS?




Eu pensei que pudesse
Mudar essa ideologia
Do povo que convive
Feliz e alegre todo dia


Neste meu pé de serra.
Já enlouqueci uma vez,
E nenhum resultado vi.
O Senhor em mim fez


A restauração perfeita,
Para eu viver melhor.
Mas de novo busquei
Ter sim ao meu redor...


Porém, já percebendo
Que terei a depressão
E não conseguirei fazer
O gosto da população.


Hoje, deitado na cama,
Contemplando o teto,
Pensei em coisas boas,
E vejo que isso é certo.


Claro, vou viver assim,
Fazendo o que eu gosto.
Pois fazer todos felizes
Neste Planeta não posso.


E por que já cansado
Da idade e do labor,
Eu vou me preocupar,
Se isto cabe ao Senhor?


Se já sou controlado,
Como vou controlar
A vida de todo mundo
Que assim quer andar


E se acha bem melhor?
Estou fazendo papel
De besta nesta Terra,
Vou ficar mais tabaréu


Com ideias do passado,
Proibindo isso e aquilo,
Sofrendo pelos outros
E os outros tranquilos.


Deus, não seria melhor
Eu me aquietar aqui?
Viver o resto do tempo
Calmo e sem me afligir?


Quando moço enlouqueci
Diante de uma pressão,
Agora, que já sou velho,
Vou mudar essa opinião?


De fato, ficarei de novo
Enlouquecido na Terra,
E a situação será pior
Neste bom pé de serra.   


 Claro, eu quero viver
Apreciando o Céu azul,
Dando a paz do Senhor
A todos de Pindobaçu.


Vou fazer as atividades
Com amor e por amor,
Vou acessar a Internet
No celular e computador.


Quero ficar à vontade
Com o celular que é
Divertimento para mim
E para D. Maria José.


Os nossos filhos já estão
Criados e bem educados.
Nada podemos fazer...
Somos velhos fatigados.


Esperando Deus chamar
E darmos adeus à Terra
Pois nunca mais veremos
Nosso amado pé de serra.

Mário Querino – Poeta de Deus

Poeta Mário Querino 26/03/2018


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS