CAVALO DADO NÃO SE OLHA PARA OS DENTES, ASSIM TAMBÉM DIZIA A MINHA MÃE





Era um casal que vivia
Sem teto e sem nada.
Como Deus é Pai bom,
Lhe deu uma boa casa.


O casal não entendeu
Que a dádiva faria bem.
E começou a idealizar
Defeitos que não tem.


Como o Diabo não quer
Ver nenhum casal feliz,
Aumentou seu repúdio
E para o casal assim diz:


“Esta casa não está boa,
Vocês merecem outra
Melhor, pois esta está
Com pingadeira louca.”


O casal sem conhecer
O amor de Jesus Cristo,
Acreditou na conversa
Que o Diabo tem dito.


Se apareceu esse mal
No casal, mas não havia
Na casa bonita, segura
E boa. Então lhe dizia


Um velho sábio da vida:
“Eu entrei ainda ontem
Na sua boa e bonita casa.
Eu vivo debaixo da ponte


E lembrei-me do adágio
Que ouvia antigamente:
“Cavalo dado, não
Se olha para os dentes.”


Quantos neste mundo
Queriam sim uma casa
Com esta boa armação,
E sua esperança nada...


Para lhe fazer bem feliz?
Agora este bom casal,
Recebe uma casa desta,
De graça do Pai Celestial


Que abençoa todo dia,
E vive ideando defeitos.
Tenham o bom gosto,
Deus lhe deu satisfeito.


Certamente quando
Forem nela morar sim,
A sua visão será outra,
Nada irão achar ruim.”


Agora, só basta o casal
Refletir nestas palavras
De quem vive debaixo
Da ponte, e não tem casa.

Mário Querino – Poeta de Deus

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS