TUDO QUE É DO PAI É DOS FILHOS E O QUE É DOS FILHOS O PAI PODE USUFRUIR COM JÚBILO

Poeta Mário Querino 12/03/2018



Alguém assim perguntou:
“Por que não foi mais
Ao Templo se regozijar
E dar glórias a Deus Pai?”


Falei: Pra não incomodar
Alguns irmãos de fé.
Mas indagar alguém pode:
“É a casa do Pai, Ele quer


Que tenhamos liberdade
Para vivermos contentes.”
Repliquei: A teoria é essa
Mas a prática é diferente.


Se fosse a casa do Pai,
Teríamos acesso em tudo,
Pois todos somos irmãos.
Hoje, fiz um bom estudo


E vi que há privilegiados,
É o que Deus mais odeia,
Acepção dentre a gente.
Nenhum tem vida alheia


Na casa do Senhor Deus.
Todos devem ter acesso
Em tudo que pertencer
Ao Templo, isso é certo.


Então eu não quero ser
Membro de uma família
Para viver como intruso,
Onde ninguém partilha


Regozijo, paz, tolerância
E direito de liberdade
No Templo de Deus Pai.
E para seguir a felicidade


De muitos irmãos de fé
Que acham eu um cara
Chato, observador e quer
Coisas alinhadas e claras,


É melhor ficar no canto
Onde não incomodo
E fico também refratário
Do que eu não concordo,


Pois não sou de sabujar.
Sendo firme na Palavra,
Sou homem para fazer
Gabo pela obra realizada.


Mas o que for errado,
Não vou passar a mão
Leve sobre a cabeça,
E claro, não passe não,


Mão leve sobre a minha.
Se eu errar devo ser sim,
Punido e cumprir ciente
A sentença dada a mim.


Para fechar com chave
De ouro esta poesia,
Cito um bom proverbio
De Salomão com alegria:


“Retira o pé da casa do teu
Próximo para que se não
Enfade de ti e te aborreça.”
Hoje, esta é a minha razão


De eu não querer ir com
Assiduidade ao Templo.
Porque eu não sou besta
Pra não ver o movimento


A respeito da minha fé.
Eu sempre lutei em prol
De todos, e Deus tem luz
Mil vezes mais que o sol.

Mário Querino – Poeta de Deus
   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS