DEDICATÓRIA À LUCIANA PEREIRA

Poeta Mário Querino 01/02/2018


Quando Luciana Pereira
Era ainda uma criança
Com poucos anos de vida,
Ainda tenho lembrança


De quando ela usava sim,
Um adágio da época:
“Nem que a vaca tussa...”
Hoje em dia o Poeta


Mário Querino ainda
Traz grande recordação  
Desse seu adágio sim.
Luciana é a inspiração


Do Poeta nordestino
Que, passou um tempo
No Estado de São Paulo,
E com contentamento


Ouvia a Luciana Pereira,
Que então já é adulta.
E com regozijo lembrei:
“Nem que a vaca tussa ...”


Claro, esse adágio sim,
Hoje me fez lembrar
De Luciana Pereira,
Que contente já está


E mais feliz ficará agora,
Quando ler esta poesia.
Pois a vida do passado
Nos trouxe hoje alegria.


Quanto tempo, ó prima,
Que não mais se vimos!
Mas você está na oração
Do Poeta Mário Querino.


Sempre alguém traz sim,
Na vida algo histórico,
E “Nem que a vaca tussa...”
É um adágio que gosto


De sempre recordar,
Porque ele me faz sim,
Ver a Luciana Pereira,
Que sempre dizia a mim,


Quando mandava fazer
Algo. Ela tinha que dizer:
“Nem que a vaca tussa,
Eu não faço para você.”


Todo mundo achava sim,
Isso muito engraçado.
Porque ela dizia de jeito
Ativo e bem acenado,


E dávamos gargalhadas
Ao ouvir Luciana Pereira.
O Poeta Mário Querino
Relata em Bananeiras,


Propala no seu Facebook,
No seu Google mais,
Também no seu 1Link
E no seu Blog que traz


Uma estrutura bonita.
“Nem que a vaca tussa”,
Agora é uma frase sim
Que eu já deixo pública


Nas páginas da Internet,
Graças a Luciana Pereira,
Que esta poesia é escrita
Por Poeta de Bananeiras,


Que vive no cantinho
De Pindobaçu, Município
Do norte da Bahia.
Espero que este escrito

Seja gratificante sim,
Ao coração da prima
Que diz: “Nem que a vaca tussa...”
Este adágio muito me ensina


A não fazer o errado
Durante minha vida pública.
Quando me pedem o ilícito,
Digo: “Nem que a vaca tussa”


Eu darei isso, ó amigos,
Nem quero de vocês.
Porque tudo é contra
O Senhor Deus e a Lei.


Mário Querino – Poeta de Deus 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MÁRTIR TIRADENTES

LIVROS DOADOS POR RONIWALTER JATOBÁ CHEGARAM HOJE AO COLÉGIO DO DISTRITO DE BANANEIRAS EM PAZ

SEPULTAMENTO DE GILMÁRIO (PICHOLA) FOI REALIZADO DEPOIS DAS 17 HORAS NO CEMITÉRIO DA PAZ DO DISTRITO DE BANANEIRAS